[Angola] Estudantes ganham mais pontos acesso à informação digital: mediatecas

1776

mediateca

Ainda não tive a chance de ver (nem de longe) as espalhadas pelo país, mas consegui ver a evolução (física, pelo menos) da Mediateca de Luanda, que foi ontem inaugurada pelo Presidente da República, acompanhado pelo vice- ministro da Ciência e Tecnologia, Pedro Sebastião Teta.

Segundo ele:

…o projecto rede de mediatecas de Angola tem como objectivo principal dotar o país de um conjunto de infra-estruturas utilizando as mais modernas tecnologias de informação.

Vamos para o que importa, a constituição da mediateca (de Luanda)

  • 2,900 metros quadrados de área útil,
  • capacidade de utilização de duas mil pessoas por dia,
  • auditório com capacidade de 120 lugares
  • sistema de Wifi gratuito
  • 130 computadores de mesa e laptops (pelas fotos podemos ver alguns Mac, investimento pesado…)

Uma parte interessante que foi citada no artigo:

Constam ainda do projecto avaliado em 9.600 mil dólares 25 iPads, cinco dispositivos de vídeo e jogos, arquivo com capacidade máxima para 50 mil livros e DVDs, área cultural para 400 pessoas, zona de catalogação, informática, administração, copa, balneários, sala de conferencia, livraria, áreas verdes, entre outros.

25 iPads para!? Se temos os desktops, notebooks, esses tablets são para?  (Quem conseguir responder, por favor…)

Ainda assim, não são todos os dias que podemos ter acesso a bibliotecas digitais em Angola, ainda mais com rede wifi grátis ( conseguem entender o título do artigo?) . Durante a próxima semana, tentarei estar na Mediateca para testar a rede (e outros recursos). Nos vemos por lá?

[Fonte]:   || Site oficial da