Moçambique é o país de África com mais crescimento de developers

1350

Moçambique é o país de África com o maior crescimento de developers ou criadores de softwares informáticos, revelou o relatório Africa Developer Ecosystem 2021, desenvolvido pela Google e pela consultora Accenture.

Com um crescimento de 10%, Moçambique é o país africano que mais cresceu percentualmente, embora que ao nível do número de developers africanos é liderado pela África do Sul, com 119 developers.

O estudo recolheu dados do Quénia, Tanzânia, Uganda, Ruanda, Argélia, Camarões, Egipto, Etiópia, Gana, Costa do Marfim, Quénia, Marrocos, Nigéria, Senegal, África do Sul, Tunísia e Moçambique, naquele que é o segundo de uma série de estudos sobre o estado da economia da internet no nosso continente, onde se conclui, num olhar mais abrangente, que ela tem o potencial para chegar aos 5,2% do Produto Interno Bruto (PIB) até 2025, contribuindo com quase 180 mil milhões de dólares para a economia africana.

MAIS: [Moçambique] Prémio Jovem Criativo distingue inovadores tecnológicos

E a contribuição potencial projetada poderá mesmo, a médio prazo, atingir 712 mil milhões de dólares até 2050.

No entanto, para atingir este potencial, temos de proporcionar um melhor acesso a competências de alta qualidade e de classe mundial em plataformas de tecnologias móveis, juntamente com serviços de conectividade crescentes. O nosso esforço para aumentar a conectividade está centrado em infraestruturas, dispositivos, ferramentas e localização de produtos”, explica Nitin Gajria, diretor da Google para a África Subsaariana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui