Portos do país vão ter os seus processos de comunicação digitalizados

1308

Os portos angolanos que são Membros da Organização Marítima Internacional (IMO em inglês) vão digitalizar os seus processos de comunicação, no âmbito da Janela Única Marítima (JUMA), a partir do dia 1 de janeiro de 2024.

Essa informação foi revelada pela Presidente da Agência Marítima Nacional(AMN), Rosa Sobrinho, onde informou que entre vários países candidatos, a implementação da JUMA, onde todos os países membros da Organização terão de utilizar um portal único para o desembaraço dos navios, o Porto do Lobito foi o escolhido para experiência piloto.

MAIS: Porto de Luanda apresenta serviços tecnológicos para facilitar interação com clientes

Por isso, a Agência Marítima Nacional trouxe a IMO, com quem já trabalha on-line desde 2021,  para constatar os trabalhos no terreno.

 “Todos os navios que aparecerem, num dos portos dos membros da IMO, devem submeter toda a sua documentação a partir da JUMA, que também será utilizado por todos os elementos envolvidos nos serviços portuários como os despachantes, as agências de navegação, serviços de emigração estrangeiro (SME), Administração Geral Portuária (AGT) e Polícia Fiscal“, asseverou.

De informar que essa inovação tecnológica reside no facto dos intervenientes nos serviços portuários, principalmente as agências de navegação, representantes dos armadores dos navios e os despachantes,  estarem todos interligados e deixarem de usar documentos em papel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui