Moçambique: INCM vai apertar o cerco no controlo da qualidade das telefonias móveis

2215

O Instituto Nacional das Comunicações de Moçambique (INCM) vai criar um departamento com o objectivo de os clientes opinarem sobre a qualidade dos serviços prestados pelas operadoras de telefonia móvel presente no país, revela o jornal O País.

Essa iniciativa do INCM, que foi revelado aos jornalistas nessa quinta-feira(30), é devido as críticas recorrentes dos usuários sobre a qualidade dos serviços prestados pelas principais empresas de telefónia móvel no país, e claro, pelo facto de os clientes não tinham onde apresentar as suas reclamações, bem como não sabiam onde fazer chegar essas mesmas reclamações.

Segundo ainda o que foi informado na conferência de imprensa, o INCM está nesse momento aberto para receber toda e qualquer queixas vindo da sociedade civil do país, concernente a qualidade dos serviços que lhes são prestados pelas operadoras de telefonia móvel, bem como para o ano de 2022 vai ser criado um departamento específico para tratar dessas reclamações.

neste departamento, será desenvolvido um portal do cidadão que terá capacidade de receber reclamações, usando várias plataformas, desde o WhatsApp, Instagram, Facebook, e-mail e a equipa estará preparada para receber todo o tipo de reclamaçao, usando vários media e nós podmeos responder” disse Tuaha Mote, Presidente do Conselho de Administração do INCM.

MAIS: Moçambique quer tornar-se o primeiro país dos PALOP a lançar satélite a partir dos Açores

Ainda no evento, Mote trouxe mais uma novidade do instituto regulador de Moçambique.

temos celulares a bordo de uma viatura que circula a uma velocidade máxima de 20km/h, simulando um peão; transmite dado, voz, SMS para ver e sentir a mesma experiência que um cidadão sente quando está a usar o serviço de telefonia móvel celular” acrescentou o gestor.

De informar ainda, que depois de receber as reclamações, o INCM irá partilhar os dados com as operadoras, bem com o público em geral, de modo a sensibilizar as telefonias móveis a melhorar, e caso não façam, vão ser aplicadas sanções.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui