Namíbia lança visto para nómadas digitais

2943

Com o objetivo de aumentar as atividades económicas na Namíbia e incentivar o turismo, que sofreu grandes perdas nos últimos tempos, devido à pandemia da Covid-19, o governo local lançou o  Visto Nômades Digitais da Namíbia, com o objetivo de receber “turistas inteligentes” no país.

Na pessoa do Conselho de Promoção e Desenvolvimento de Investimentos da Namíbia (NIPDB), essa iniciativa vem para que o país possa capitalizar os seus pontos fortes digitais para impulsionar o setor turístico, cuja contribuição para o Produto Interno Bruto (PIB) foi de 61,3% desde agosto.

Segundo Nangula Uaandja, diretora-geral e presidente do NIPDB, o novo visto visa desbloquear oportunidades que possibilitem uma melhor qualidade de vida para todos os namibianos.

Identificamos que há uma oportunidade de atrair e beneficiar economicamente as pessoas que querem trabalhar, viver e viajar na Namíbia, sem absorver empregos na Namíbia“, disse Uaandja.

MAIS: Cabo Equiano da Google já chegou à Namíbia

O visto namibiano para nômades digitais terá validade de 6 meses é será concedido a cidadãos de todos os países do mundo. O Conselho de Promoção e Desenvolvimento de Investimentos da Namíbia frisa ainda que os candidatos a este título devem atender a vários critérios, incluindo a comprovação de fontes de renda mensais significativas maiores ou iguais a US$ 2.000 (cerca de 97.000 kwanzas). Os candidatos também devem estar em posse de seguro de saúde ou seguro de viagem que cobre riscos durante a sua estadia na Namíbia.

Os outros ativos digitais do país estão agrupados num ecossistema digital propício ao trabalho remoto, embora os custos de internet ainda sejam muito altos na Namíbia. De acordo com Cable.co.uk, no seu relatório “Preços mundiais de dados móveis 2021. O custo de 1GB de dados móveis em 230 países“, a Namíbia ocupa o 49º lugar na África Subsariana em termos do custo médio de acesso a 1 gigabit (GB): US$ 22,37 (cerca de 11.000 kwanzas).

Segundo o DataReportal, a taxa de penetração na internet foi de 51,0% da população total no início de 2022. Os dados da Ookla revelam que a velocidade mediana de conexão à internet móvel na Namíbia aumentou 5,91 Mbps (+42,3%) nos doze meses até o início de 2022.

Além disso, a Namíbia possui um alto Índice de Desenvolvimento do Governo Eletrônico (HEGDI) e ocupa o 6º lugar entre os países africanos de acordo com o nível de digitalização dos serviços públicos.

Ao deixar esta iniciativa, a Namíbia torna-se o 4º país da África a oferecer este visto especial depois das Ilhas Maurícias, Seychelles e Cabo Verde. De acordo com as estatísticas de 2021 da A Brother Abroad, existem aproximadamente 35 milhões de nômades digitais em todo o mundo, contribuindo para um valor econômico global de US$ 787 bilhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui