Cabo Equiano da Google já chegou à Namibia

0
651

A multinacional Google assinou um acordo com o Grupo Paratus, líder pan-africano na oferta de serviços de telecomunicações, para a instalação do cabo Equiano na República da Namíbia e acelerar a conectividade na região austral de África.

Após o anúncio em fevereiro de 2021 de que a empresa de telecomunicações africana, Paratus Group , juntamente com a Telecom Namíbia, havia sido selecionada para construir a estação de aterrissagem de cabos (CLS) para o cabo submarino de Internet Equiano na Namíbia, o cabo foi trazido para terra.

MAIS: Cabo equiano da Google entra em operação para acelerar conectividade na SADC

O cabo submarino Equiano fornecerá diversidade de comunicações devido à sua maior capacidade e isso terá um impacto direto na conectividade com velocidades de internet mais rápidas, mais flexibilidade no mercado e uma experiência de usuário aprimorada para consumidores na Namíbia e além. A Paratus concluiu a construção do CLS em setembro do ano passado, e o ajuste interno – incluindo energia, gabinetes de cabeamento, condutas, pistas, gaiolas e segurança – foi concluído em janeiro de 2022.

Segundo Barney Harmse (CEO do Grupo Paratus), “A Namíbia tem níveis mais altos de conexão à Internet – em 40,5% em comparação com uma média de 29% para países da África Subsaariana – mas dependia do Sistema de Cabo da África Ocidental (WACS) para sua conectividade internacional até agora. A chegada do cabo Equiano aumentará significativamente a capacidade de largura de banda internacional da Namíbia, pois é quatro vezes maior que o WACS. Isso não apenas garantirá melhor estabilidade de conectividade no país, mas também menor latências e maiores velocidades na transmissão global de dados.

A conectividade aprimorada acelerará a criação de empregos. Entre 2022 e 2025, a Equiano deverá criar indiretamente 21.000 empregos na Namíbia, impulsionados pela expansão da economia digital e setores de negócios associados. Isso também está de acordo com a estrutura de desenvolvimento de longo prazo da Namíbia – Visão 2030 que posiciona as TICs como um pilar fundamental da economia do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui