Nigéria continua a ser o maior mercado de smartphones em África

461

O mercado de telefonia móvel em África caiu 1,8% em relação ao trimestre anterior no segundo trimestre de 2019, de acordo com os últimos números anunciados pela International Data Corporation (IDC).

A Nigéria continua a ser o maior mercado de smartphones em África no segundo trimestre de 2019, seguida pela África do Sul e Egipto. A Nigéria e a África do Sul viram as remessas de smartphones aumentarem 3,6% e 0,2%, respectivamente, enquanto o Egipto registrou um crescimento de 18,0% no trimestre após o mercado ter diminuído consideravelmente no primeiro trimestre de 2019 devido à introdução do registro de importação e outros regulamentos de importação.

Os telefones comuns continuam sendo parte integrante do mercado de telefonia móvel na África devido à infra-estrutura de rede fraca em grandes partes do continente, principalmente nas áreas rurais, e à facilidade de uso desses dispositivos“, diz George Mbuthia, analista de pesquisa da IDC.

A Transsion (marcas Tecno, Infinix e Itel), a Samsung e a Huawei foram as líderes do mercado de smartphones em termos de remessa no segundo trimestre de 2019, com quotas de mercado respectivas de 37,4%, 27,4% e 8,7%. No entanto, a Samsung teve a maior participação em valor do dólar em 40,3%, seguida pela Transsion (21,9%) e pela Huawei (12,2%).

A posição de receita dominante da Samsung no mercado é sustentada por lançamentos oportunos de produtos em todos os mercados africanos, particularmente em relação aos seus dispositivos da série A.

“A geração mais jovem, cada vez mais experiente em tecnologia, em África, deve impulsionar o crescimento de smartphones e a adoção de serviços móveis que estão a transformar os negócios e a fortalecer vidas”, diz George Mbuthia.