Nigéria torna-se o quinto país africano a aprovar um Projeto de Lei para as Startups

928

A Nigéria tornou-se o quinto país de África a criar um Projecto de Lei para as Startups e impulsionar o ecossistema tecnológico no seu território, depois  da Tunísia, Senegal, Etiópia e Quênia.

O Projeto de Lei dará às startups do país um marco regulatório definido para que possam operar com confiança dentro dos limites da lei, o que, sem dúvida, vem em um momento crítico. Além disso, vai  aumentar a confiança dos investidores no setor.

MAIS: Startup nigeriana lança programa para aspirantes a profissionais de dados e tecnologias em África

O projeto de lei visa ainda apoiar a mídia indígena e lançar startups nigerianas no cenário mundial de tecnologia e start-up, dando-lhes acesso ao mercado mundial e aumentando sua visibilidade, clientela e renda.

Este projeto de lei provavelmente elevará também a Nigéria ao primeiro lugar em África no sector de investimentos em tecnologia. Isso significa que centenas de jovens empreendedores receberão capital para desenvolver e escalar suas inovações e que os jovens verão aumentos significativos em sua renda e oportunidades de trabalho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui