Nota oficial: o que está a causar as anomalias na rede UNITEL ?

0
905

Os últimos dias têm sido conturbados para os utilizadores da UNITEL, a maior operadora de telefonia móvel em Angola. Várias interrupções nos serviços, causando constrangimentos em grande escala.

A UNITEL convocou uma conferência de imprensa, para explicar o que se está a passar. Abaixo a nota de imprensa, com a explicação, na íntegra, sobre as falhas registadas:

Na sequência de uma anomalia no software da rede 3G, no passado dia 17 de Fevereiro, os serviços de VOZ, SMS e DADOS da UNITEL registaram perturbações por mais de 3 horas.
A perturbação levou à paralisação da transmissão entre os dois sistemas centrais de redundância, afectando assim os serviços acima descritos.

Tão logo a situação foi constatada, foram criados mecanismos para a mitigação do problema, tendo sido apresentado pelo fornecedor um novo software nos nós da rede 3G, planeado a ser implementado a partir do dia 02 de Março. Entretanto, um novo incidente foi registado nos dias 26 e 27 de Fevereiro ocasionando perturbações nos serviços de VOZ e SMS mas não efectando o serviço de DADOS. Conforme informado no dia 01 de Março, não foi encontrada ligação entre as duas ocorrências e foram criados os devidos procedimentos para que o tema fosse resolvido. Contudo, e apesar de todos os esforços empreendidos, até à data ainda não foi encontrada a causa desse evento.

Com a implementação da alteração do software a partir do dia 02 de Março, operação que careceu de presença física em cada um dos 6 nós da rede 3G, começaram a ser observados comportamentos erráticos da rede 3G que motivaram novas perturbações na rede de forma significativa no dia 05 de Março, ontem dia 10 e hoje dia 11.

Neste momento os grandes fornecedores da UNITEL na rede 3G, estão a dar suporte para que seja encontrada a origem e corrigido o problema. Apesar de ser improvável, uma vez que a UNITEL tem uma rede suficientemente segura, não está por agora descartada a possibilidade de existir actuação maliciosa.

A equipa da UNITEL está desde o dia 17 de Fevereiro, em alerta máximo. O principal fornecedor europeu dos sistemas centrais e o fornecedor americano dos nós de transmissão, estão a trabalhar em conjunto, para que seja encontrada uma solução. E alguns especialistas estão a caminho de Luanda, para que o problema seja concluído nos próximos dias.


A UNITEL operacionalizou já a compensação de 719.516 Clientes, afectados, dos Planos + de 1,3 e 7 dias e que não conseguiram usar os minutos e SMS do pacote, devido a sua expiração, aquando da perturbação da rede. Este procedimento de compensação ficará em vigor até que seja restabelecida a estabilidade dos sistemas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui