O eSIM parece mesmo ser uma nova tecnologia?

564
eSIM a evolução do CDMA?

Já parou para pensar que o eSIM não parece ser uma nova tecnologia?

Sim, para quem nasceu até nos finais dos anos 90 em Angola, acredito que deve lembrar que a Movicel diferente da Unitel vendia apenas telefones, telefones estes que já funcionavam sem chips, os mesmos usavam a tecnologia CDMA (Acesso Múltiplo por Divisão de Código).

Que parece ser exatamente a que conhecemos hoje como eSIM só que com atualizações tais como:

  • Possibilidade de ter mais de 1 número no mesmo telefone sem cartão SIM e de diferentes operadoras;
  • Transferência dos números de um telefone para o outro

Também aprimoram a questão de segurança, no caso de perda ou roubo do telefone, mesmo desligado o eSIM continua a emitir o sinal de GPS;

Sem esquecer da questão ambiental, que inclui a redução de fabricação de SIM Cards, que como todos devem saber, são feitos de plástico, que é uma das maiores crises ambientais.

Pois, o eSIM é um virtual SIM, que através de um QR Code o cliente o configura.

Parece que mais uma vez, o ditado de que “A roda já foi inventada” prevalece. Melhorar um produto/serviço também é inovação, o que parece ser o caso do CDMA para o eSIM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui