Polícias americanos despedidos porque estavam a perseguir Pokémons em vez de assaltantes

0
597
POLAND – 2020/03/23: In this photo illustration a Pokemon GO logo seen displayed on a smartphone. (Photo Illustration by Mateusz Slodkowski/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)

Dois agentes da polícia de Los Angeles foram despedidos por não responderam a um pedido de auxílio que lhes chegou pelo rádio para apanhar assaltantes porque, infelizmente, estavam estavam a jogar Pokémon Go e a tentar apanhar um Snorlax, revela o jornal BBC.

Essa situação insólita foi descoberta devido a câmara a bordo do carro-patrulha onde estavam os dois agentes, que não restou dúvidas a mostrar que os policias ignoraram um pedido de ajuda que chegou pelo rádio para continuar a tentar apanhar um Snorlax no jogo Pokémon Go.

O pedido de ajuda que veio pelo rádio era para interceptar alguns ladrões, que tinham acabado de roubar uma loja nas redondezas. Em sua defesa, os dois agentes alegaram não ter ouvido o pedido, mas o que não convenceu o juíz, terminando nas suas respectivas demissão.

As imagens da câmara a bordo mostram que “durante aproximadamente 20 minutos, [o vídeo] mostra [os agentes] a discutir Pokémons, à medida que conduzem para diferentes localizações onde as criaturas virtuais estavam a aparecer nos seus telefones”, revela o documento que foi tornado público e onde os agentes pedem o recurso da decisão de despedimento.

De informar que essa situação ocorreu em Abril de 2017 e envolve os agentes Louis Lozano e Eric Mitchell. Outro agente, Capt Davenport, estava a ver a loja quando o assalto ocorreu e revelou ter visto o carro-patrulha da dupla de agentes estacionado numa rua próxima. Como estes agentes não responderam à chamada, teve de ser Capt Davenport a fazê-lo e assistir ao carro-patrulha a seguir marcha noutra direção, informou o jornal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here