Revelados os vencedores de África do programa da Google que financia projetos jornalísticos

927

A Google anunciou os 34 vencedores da 3° edição do Desafio de Inovação da Google News Initiative (GNI) proveniente de África, Médio Oriente, Israel & Turquia.

Os premiados, entre os quais 21 jornalistas e editores de 10 países em África, foram selecionados pela sua diversidade na promoção da diversidade, igualdade e inclusão na indústria do jornalismo.

O concurso GNI faz parte do compromisso de 300 milhões de dólares da Google em ajudar o jornalismo a prosperar na era digital e impulsionar os inovadores de notícias avançarem com muitas iniciativas emocionantes que demonstram um novo pensamento.

Este ano, procurámos alargar os nossos critérios para incluir iniciativas de inovação digital que promovam objetivos como o envolvimento dos leitores, novos rendimentos dos leitores, subscrições, desinformação, entre outras coisas, após uma avaliação aprofundada, uma ronda de entrevistas e uma seleção final do júri, foram escolhidos 34 projetos de 17 países para receber 3,2 milhões de dólares em financiamentos“, disse  Ludovich Blecher, Chefe de Inovação do GNI.

Os candidatos escolhidos cumpriram todos os cinco critérios, como o impacto no ecossistema noticioso, equidade e inclusão, inspiração, inovação, diversidade e viabilidade.

Alguns dos vencedores incluem o RELATÓRIO WANANCHI do Quénia, Dubawa da Nigéria e  This Woman+ da África do Sul.

O desafio deste ano recebeu um total de 425 candidaturas de 42 países, o que representa um aumento de 27% no total de candidaturas em relaçãoa edição anterior.

Verificou-se, nomeadamente, um aumento significativo das candidaturas de organizações noticiosas que realizam atividades de verificação de factos em 118%, quando comparadas com os desafios anteriores da inovação em África.

Os projetos propostos que utilizam a inteligência artificial (IA) e o machine learning (ML) também mostraram um crescimento significativo (92 por cento), refletindo uma tendência em todo o ecossistema noticioso para abraçar novas tecnologias e dados de ponta.

MAIS: Tens uma Startup? O Google For Startup Black Founders Fund está aberto a candidaturas

Abaixo está os vencedores de África:

Burkina Faso

  • ASSOCIATION DES BLOGUEURS DU BURKINA

Burundi

  • RegionWeek

Congo

  • Congo Check
  • Afrikpic/Halvest Company

Egypt

  • Egyptian Streets
  • OSH for Information Technology and Artificial Intelligence Research

Kenya

  • Nation Media Group PLC
  • WANANCHI Reporting

Marrocos

  • Morocco World News

Niger

  • African Development University

Nigéria

  • The Republic
  • TheCable
  • Dubawa, Centre for Journalism Innovation and Development
  • HumAngle Media
  • Foundation for Investigative Journalism (FIJ)

África do Sul

  • Daily Maverick
  • Quote This Woman+
  • Media Hack Collective
  • Open Cities Lab
  • Code for Africa (CfA)

Uganda

  • Minority Africa

NB Innovation Challenge tem como objectivo ajudar a fortalecer o trabalho de redações com poucos recursos, oferecendo ferramentas digitais, treinamento e recursos que auxiliam seus esforços para encontrar, verificar e contar histórias envolventes, bem como colaborar com veículos jornalísticos de todos os tamanhos à medida que elas transformam o negócio de notícias, oferecendo programas e produtos que apoiam o crescimento estratégico, a escalabilidade e a sustentabilidade de receita.

O programa tem também como objectivo estabelecer parcerias com líderes do sector, acostumados a lidar com as questões mais urgentes enfrentadas pelo jornalismo, cultivando uma comunidade diversificada, inovadora e inclusiva com um objetivo comum: construir um futuro mais forte para as notícias, onde as duas primeiras edições(2019 e 2021) premiaram 43 projectos, espalhados em 18 países, onde os escolhidos variaram entre esquemas de adesão digital a ferramentas de pesquisa em língua árabe.

Para ver lista global dos vencedores click em aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui