[Review] eSIM Africell: Primeiras impressões

3684

Na segunda feira (19/09/2022) a Africell anunciou oficialmente a chegada de um serviço inovador no nosso país, o famoso eSIM que já funciona em outros mercados, e agora está disponível para os clientes dessa operadora.

Para quem não conhece, o eSIM em vez de ser um cartão de plástico removível dentro do telefone (Ao que estamos habituados), um eSIM é um pequeno chip embutido no telefone, que o utilizador não pode removê-lo e colocá-lo em outro telefone. As informações existentes em um eSIM são regraváveis. Isso significa que se pode mudar de operadora (ou adicionar várias) sem remover o cartão SIM físico e inserir um novo.

Como alguém tem de testar, errar e partilhar a experiência sobre uma coisa nova, sim nova porque é a primeira operadora em Angola a oferecer a experiência de se usar o eSIM, avancei para os testes, “sacrificando” o meu iPhone 13 Pro. Mas agora chega de muito blá blá blá e vamos ao que interessa.

Instalação 

Durante a minha chegada a loja da Africell do Shopping Fortaleza, para o meu espanto deparei-me já lá com um jovem, que por por acaso foi com o mesmo objectivo que o meu, ter acesso a um eSIM, infelizmente o seu smartphone não era compatível, e fiquei desde já com a impressão que muitas pessoas ainda não estão informadas sobre os smartphones compatíveis com a tecnologia eSIM,  tanto que nem os funcionários da loja conseguiram explicar-lhe quais sãos os smartphones compatíveis.

Ficou claro que a Africell devia ter já uma lista dos dispositivos que são ou não compatíveis com essa tecnologia, facilitaria o trabalho (temos uma artigo relacionado). Mas em contrapartida fui atendido rapidamente. Primeiro questionou-se qual era o meu smartphone, tirei mais uma vez o meu iPhone 13 Pro (Risos) pois não havia enchentes, e pediram que aguardasse, a posterior fui chamado a dirigir-me a uma outra sala, para o meu entendimento, era a sala do gerente que ajudou-me a com o processo de configuração.

Existem duas opções no momento da aquisição do serviço:

  • A primeira é uma nova subscrição que serve exclusivamente para aquelas pessoas que ainda não têm um número da Africell;
  • A segunda opção é para aquelas pessoas que já têm o número com o SIM físico e agora querem migrar para o eSIM.

No meu caso usei a primeira opção e aderi ao plano que custa 19.800,00 que me acesso á 30 GB, pois existe ainda a opção de pagar 30.000 que dá acesso a 50 GB ambos os pacotes com duração de 30 dias.

A posterior a escolha e da efetivação do pagamento pagamento, é enviado um email ao cliente onde contém o Código QR a ser lido no smartphone. Como se pode ver, é enviado o número que o cliente irá usar no eSIM, o PIN e o PUK do mesmo. Para facilitar a leitura do código QR, a folha é imprensa na agência para se começar então com a configuração.

Configuração

A esquerda a primeira opção para adicionar o eSIM, e a direita a opção para conectar-se a uma rede Wi-Fi para permitir a conexão.

Para quem usa iPhone a opção que permite “Adicionar o eSIM” encontra-se nas Definições —> Rede móvel —> Adicionar eSIM, quando clicar na última opção antes de ler o código QR, o smartphone solicita a conexão a uma rede Wi-Fi, e para o nosso espanto a Africell não disponibiliza nenhuma rede de acesso gratuito na sua loja, para permitir que a configuração, mas o gerente da loja Africell do Shopping Fortaleza disponibilizou a partilhar a sua rede pessoal para que a configuração fosse feita com sucesso.

Após a conexão a rede Wi-Fi, surge a primeira opção para “Activar eSIM com a seguinte mensagem – Um eSIM da Africell está pronto para ser ativado neste iPhone”, é só clicar em continuar para que o mesmo possa estabelecer ligação a rede e a posterior apresenta seguinte mensagem “Configuração da rede móvel concluída”. Deves estar a dizer “Só isso?”, pois é o processo é bastante fácil.

Etiqueta de serviço móvel

A etiqueta de serviço móvel, permite ao utilizador identificar facilmente qual é o serviço de cada uma das operadoras de telefonia móvel, tanto para chamadas telefónicas, bem como o uso dos serviços de Internet, no meu caso usei a letra “U” para identificar o chip fisico da UNITEL, e “A” para identificar o eSIM da Africell, assim dificilmente o utilizador tem como confundir.

Número predefinido

Tendo em conta que o utilizador terá número de duas operadoras a funcionar, ele tem de definir qual deles é o principal, pois o número principal é usado ligar por exemplos pessoas que não estão na nossa lista de contactos. E as pessoas que fazem parte da lista, o utilizador pode também escolher qual é o número predefinido para os contactar, mas para esse aspecto, a alteração pode ser efetuada na aplicação “Contactos”. Para o meu caso o numero predefinido usei da UNITEL (SIM físico), e para os dados móveis Africell (eSIM)

A esquerda a selecção do eSIM para os dados móveis, e a direita a opção para seleccionar o número predefinido para as chamadas e mensagens normais.
Escolha da rede para as ligações

Dados móveis

Ao escolher o número principal, o utilizador também tem como escolher qual dos número usar para o acesso a internet no seu smartphone, ou se vai querer que as trocas possam ser automáticas. No caso das “Trocas automáticas” se o utilizador mantiver activado essa funcionalidade, o telefone poderá, consoante a cobertura e a disponibilidade , usar dados móveis de ambos os números. Eu sinceramente preferi não o manter activo, e efetuar as trocas manuais.

A esquerda a selecção do número da UNITEL para o iMessage e FaceTime, e a direita a opção do número para os dados móveis.

Um aspecto que acabei por achar interessante (Se calhar porque nunca usei um smartphone com dois números), é que ao usar os dados de um deles, não interfere em nada nas aplicações que foram registados no outro número (Ex:WhatsApp), porque afinal de conta só é necessário a Internet, independentemente do número.

Hotspot pessoal

Sabemos que, muitos de nós gostamos de partilhar a nossa Internet para usar em outros dispositivos, pelo que se diz a Africell tem bons planos a preços acessíveis, mas pelo meu espanto, ao usar o eSIM, não é possível, pois a opção “Hotspot pessoal” desaparece, mas quando faço a alteração para o SIM físico da Unitel, a mesma opção volta a estar disponível, de lembrar que isso acontece apenas no que concerne aos dados móveis.

A esquerda a selecção dos Dados móveis da Africell sem a opção de ligar o Hotspot pessoal , e a direita a Dados móveis da Unitel com a opção de ligar o Hotspot pessoal.

Quanto a esse aspecto de permitir ou não a partilha dos dados móveis, é uma opção a ser bem explorada para realmente sabermos o que se passa (Pois na minha cabeça não faz sentido). A outra opção que cogita-se, seria trocar a ordem dos números para termos a certeza, passar a Unitel para o número secundário e a Africell para o principal. Essa opção deixamos para que vocês possam explorar e dar-nos mais dicas.

3 COMENTÁRIOS

  1. Saudações Prezado;

    Gostei do artigo, eu uso o SIM Fisico da Africell no meu Iphone XSMAX, a versão que uso tem entrada para dois SIM’s Fisicos, também tive a mesma dificuldade em fazer Hotspost usando o SIM da Africell mas já consegui resolver isso, apenas tens que configurar a APN na parte do SIM da Africell “Settings – Cellular – Africell – Cellular Data Network” e põe o endereço “africel.ao” em todos os 4 campos com o Titulo “APN” e já está.

  2. Para hotspot Deve prosseguir com a opção de dados móveis (do eSim)> Redes de dados móveis

    > configurar Apn para dados móveis :

    APN : africell.ao
    Nome utilizador: Africell

    > em hotspot pessoal no final das opções>
    Configurar o seguinte:

    APN : africell.ao
    Nome utilizador: Africell

  3. Achei inovador, porém o preço de activação mesmo com os 30 /50 Gigas para 30 dias ainda é um absurdo tendo em conta que isso pouca custo com chips atuais, e tem custo de segunda via para quem tem um número e é menos dispendioso para a empresa no caso.

    Podia-me activar por 200kz e obrigar a cobrir 3300 kz com o 6GB para testes, agora 19800kz esperem ainda o telefone de botão estragar e facilitem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui