Sonangol vai produzir hidrogénio verde a partir de 2024

906

A petrolífera estatal Sonangol vai produzir hidrogénio verde a partir de 2024, tendo como base um memorando de entendimento com as empresas alemãs Gauff e Conjucta.

Segundo um comunicado da empresa angolana, essa medida inovadora é na sequência de vários estudos de viabilidade técnica e económica, previamente efectuados, bem como para o financiamento, construção e operação de uma fábrica de produção de hidrogénio verde e produtos derivados no país.

A produção de hidrogénio verde por parte da Sonangol é com o objectivo de comercializar o mesmo em todo território angolano, bem como fora do país, principalmente na Alemanha, além de criar várias oportunidades de emprego.

MAIS: Sonangol vai poupar mais de 20 milhões de dólares/ano com projecto no sector da energia eólica

Para Diamantino Azevedo, Ministro dos Recursos Minerais Petróleo e Gás, citado na nota, sublinha que “não obstante a produção de energia alternativa, Angola vai continuar a explorar hidrocarbonetos, com a devida atenção à sustentabilidade e o respeito ao meio ambiente“.

Já Gaspar Martins, Presidente da Sonangol, frisa que esse memorando é para posicionar a companhia no sector de hidrocarbonetos, visto que assim “aposta na diversificação do seu portfólio de negócios, que inclui a produção de energia a partir de fontes renováveis, produção e comercialização de hidrogénio verde e seus derivados, biocombustíveis, de entre outros, por intermédio do seu Centro de Pesquisa e Desenvolvimento“.

De informar que agora a Sonangol vai apostar no desenvolvimento do projecto técnico detalhada e a contratação do empreiteiro, bem como outros aspectos, visto que a produção do hidrogénio verde é já a partir de 2024.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui