Startup ghanesa lança plataforma orientada para capacitar farmácias africanas

0
905

A mPharma, startup ligada em tecnologia de saúde, lançou o seu mais recente produto centrado no cliente, a Facility Insights, ligado ao seu aplicativo de gestão de dados e transformação de farmácia, o Bloom.

Este produto vai permitir capacitar os proprietários de farmácias com insights de farmácia personalizados para resolver problemas operacionais e tomar decisões de gestão de farmácias mais informados.

Segundo o que foi revelado na apresentação, a Facility Insights já está disponível a mais de 300 farmácias em todo o Gana, Nigéria, Zâmbia, Quénia, Malawi e Ruanda, e espera-se que esteja totalmente operacional em todas as farmácias parceiras da MPharma em outros nove países africanos nos próximos três meses.

O aplicativo foi concebido para resolver o problema das farmácias com dados limitados e gerar manualmente relatórios necessários para a tomada de decisões, contribuindo para dados propensos a erros e experiências de utilizador deficientes.

MAIS: Jovem angolano desenvolve aplicativo para agendar consultas médicas

Com uma operacionalidade de fácil utilização, o mesmo vai permitir aos proprietários de farmácias inserir dados de farmácia precisos e atualizados 24/7, gerar vendas transversais, lucros e relatórios de produtos sobre intervalos de data específicos, medir os produtos de venda mais elevados e mais baixos por meses, bem como obter informações sobre a retenção e registos.

A equipa da Facility Insights está interessada em lançar produtos que resolvem diretamente os problemas e obstáculos da gestão de farmácias, e tem uma série de produtos no seu roteiro que responde a esta missão.

Além de reportar, a equipa estará a trabalhar em ferramentas que ajudam as farmácias a prever o desempenho futuro das tendências de utilização passadas e fornecer recomendações inteligentes que alimentam o crescimento da farmácia.

A mPharma é impulsionada pela sua missão de construir uma África de boa saúde, onde uma forma fundamental de o fazer é através da libertação de ferramentas movidas a tecnologia que resolvem diretamente as necessidades dos seus clientes, parceiros e clientes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui