Tupuca vence o prêmio Seedstars Luanda 2017

2
4143

O Seedstars Luanda 2017, foi realizado na sexta feira (13), do mês corrente, em que várias Startups apresentaram as suas soluções, cada uma focada à realidade da nossa sociedade e com o objectivo de tornar mais fáceis certas actividades do nosso dia à dia.

O evento foi realizado pelo TGI​ (Thomson Group International) teve como a empresa embaixadora o KiandaHUB​,​ contou ainda com vários parceiros regionais como Enel Green Power e Microsoft 4Afrika. Os demais apoios incluem o MenosFios (vocês devem conhecer…) e outras empresas locais como 7 Mobile, Soba, Infrasat, Integrated Solutions, BantuMakers, Revista Gestão e Rumo, entre outros.

As Startups que apresentaram os seus projectos e concorreram ao prêmio Seedstars Luanda 2017 foram:

  1. Arreiou: uma Startup que surge para ajudar as pessoas a saberem os preços dos produtos em vários supermercados. Com o aplicativo criado por essa startup, os utilizadores finais poderão economizar, sabendo exactamente em que supermecado comprar determinado produto. A versão Android do aplicativo já está disponível na PlayStore.

Arreiou

2. Softwares 4Mais: uma Startup focado às empresas e escolas para gerenciarem os seus negócios mais rapidamente, de um modo mais barato e mais eficiente.

Sotwares 4Mais

3. Tecno Society: uma empresa que desenvolve electrônicos portáteis, capazes de carregar equipamentos de baixo consumo de energia através de agua. Este foi uma das apresentações que mais suscitou a curiosidade do júri e da plateia, todos queriam entender como era possível carregar dispositivos electrónicos utilizando apenas água.

4. Tupuca: uma empresa que oferece aos seus clientes o serviço de Take Away e entrega ao domicilio de alimentos. Com certeza o grande peso-pesado desta edição, uma vez que esta startup tornou-se bastante conhecida nos últimos tempos. Inicialmente a Tupuca não tinha sido anunciada como finalista, mas no penúltimo dia, para surpresa de todos, a Startup foi, viu e venceu.

Tupuca

5. Deya: uma plataforma de crowdfunding para conectar empreendedores e criativos à uma comunidade de apoiantes para ajudá-los a trazer as suas ideias para a vida​. Essa foi a primeira startup com selo do Startup Studio BantuMakers. A ideia foi bem recebida no seio dos empreendedores que contam obter financiamento para os seus projectos.

Deya

6. Na Via: uma Startup que surge para revolucionar a forma como o cidadão comum tem acesso à campanhas publicitárias, uma startup bastante adaptada à realidade angolana. A ideia é “simples”, instalar telas nos candongueiros (vulgo azul e branco) e passar publicidade nessas telas. O alcance da informação nos táxis é bastante impressionante!

Na Via

7. AngoGaming: uma plataforma de competição virtual para a comunidade de jogos em Angola dedicada aos e-Sports. Aproveitando o crescimento da comunidade dos jogadores angolanos, essa startup pretende aumentar o número de torneios usando a sua plataforma online.

AngoGaming

8. Salo: uma startup online que permite aos seus usuários encontrar e contratar serviços para certas tarefas, como limpeza, entregas, serviços domésticos​. Foi com certeza o projecto mais aplaudido do dia. Este ano não houve o “Prémio do público”, caso contrário o troféu teria um destino certo.

Salo

O “Salo” é também um produto da BantuMakers, que veio mostrar que está firme neste projecto de encontrar soluções inovadoras, conseguindo inserir 2 startups num leque de 8 finalistas do Seedstars Luanda.

O elenco de júri constituído por Emília Dias, Armando Teixeira, Claudia Makadristo, Adrian Vinuales e Joel Epalanga, elegeu  a Tupuca como vencedora  do Seedstars Luanda 2017, dando assim a chance desta representar Angola no evento regional SeedStars África, em Moçambique e posteriormente no evento global na Suíça.

Seedstars Luanda 2017 vencedores:

  1. Tupuca
  2. Na Via
  3. Deya

O Menos fios, felicita aqui a organização do evento, à Tupuca – grande vencedora desta edição, bem como a todas startups que apresentaram os seus projectos.

Mais Fotos do Seedstars Luanda 2017:

*Fotos por: Luis Massafe

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here