União Europeia decreta fim do anonimato nas transações com criptomoedas

831

Os Estados Membros da União Europeia (UE) decidiram recentemente que os fornecedores de moedas digitais deverão agora identificar os autores de transações com estes ativos, acabando assim com o anonimato e combater a lavagem de dinheiro.

O documento aprovado abrange também as transações com as obrigações de identificação pessoas, o que já tem se visto nas transferências de fundos convencionais.

MAIS: União Europeia pretende cinco anos de atualizações no iOS e Android como regra

Com essa decisão da UE, os fornecedores de moedas digitais estão obrigados a obter, conservar e transmitir a informação sobre o ordenante e o beneficiário de uma transferência, operacionalidade feita pelos bancos comerciais.

De informar ainda que este novo decreto vai permitir identificar as transações suspeitas e tomar medidas para congelar ou proibir as operações com entidades, ou pessoas sob sanções, dificultando ainda mais a lavagem de dinheiro ou o financiamento de atividades ilegais através deste meio de pagamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui