Visa promete investir USD 1 bilhão em África para acelerar a transformação digital

2272

Durante o Fórum de Negócios EUA-África, a Visa destaca o compromisso de investir com USD 1 bilhão em África até 2027 para escalar operações, implantar novas tecnologias inovadoras e aprofundar a colaboração com parceiros.

Os investimentos expandidos da Visa demonstram o compromisso de longo prazo da empresa com o potencial de crescimento de África e ajudarão a permitir maior acesso a pagamentos digitais como um ponto de entrada para a expansão de serviços financeiros formais para indivíduos e comerciantes.

O presidente e CEO da Visa, Alfred F. Kelly, Jr., delineou a promessa durante o Fórum de Negócios EUA-África, juntamente com a Cúpula de Líderes EUA-África em Washington, DC. A promessa ampliará ainda mais as operações da Visa em África e aprofundará a colaboração com parceiros estratégicos, incluindo governos, instituições financeiras, operadoras de redes móveis, fintechs e comerciantes.

Os investimentos também se concentrarão no fortalecimento do ecossistema de pagamentos por meio de novas inovações e tecnologias, apoiando a digitalização das economias e investir na qualificação, desenvolvimento de talentos e capacitação.

“A Visa em África em investe por várias décadas para desenvolver um negócio verdadeiramente local, e hoje o nosso compromisso com o continente permanece firme e inabalável como sempre”, disse Al Kelly, presidente e CEO da Visa, Inc. “Todos os dias, a Visa apoia o comércio digital e a movimentação de dinheiro em todos os países do continente, e a África continua a ser o centro dos planos de crescimento de longo prazo da Visa. Esperamos continuar a trabalhar em estreita colaboração com os nossos parceiros para promover o ecossistema financeiro, acelerar a digitalização e construir economias resilientes, inovadoras e inclusivas que criarão oportunidades partilhadas e estimularão ainda mais a economia digital de África”.

Em linha com o propósito corporativo da Visa de ser a melhor forma de pagar e ser pago, esses investimentos facilitarão as oportunidades adicionais para expandir a inclusão financeira. A Visa dedica-se a capacitar o empreendedorismo liderado por mulheres e pequenas empresas em África por meio das suas operações e programas comunitários. Hoje, cerca de 500 milhões de pessoas em África não têm acessos a serviços financeiros formais, menos de 50% da população adulta fez ou recebeu pagamentos digitais em África e mais de 40 milhões de comerciantes não aceitam pagamentos digitais.

“África está a experimentar uma aceleração digital sem precedentes, com um número crescente de consumidores, comerciantes e empresas a perceberem os benefícios de pagamentos digitais seguros e convenientes para alimentar o comércio e a movimentação de dinheiro”, disse Aida Diarra, Vice-Presidente Sénior da Visa África Subsaariana.

“Durante o ano passado, a Visa continuou a aumentar o nosso investimento em África, através de novos escritórios, novas inovações e soluções, e programas que estão a apoiar diretamente a inclusão financeira. O compromisso de investimento delineia o nosso compromisso a longo prazo com África e o trabalho que faremos para ajudar a fazer avançar o ecossistema financeiro”.

“A expansão da inclusão financeira é fundamental para a prosperidade económica a longo prazo, e estamos orgulhosos por trabalharmos com parceiros financeiros e do sector público para lançar novas iniciativas como She’s Next”, disse Leila Serhan, Executivo da VISA.

“Esperamos continuar a apoiar programas que promovam a inclusão e a prosperidade, enquanto introduzimos novas inovações concebidas para consumidores e empresas em toda a África”.

A Visa fez recentemente investimentos estratégicos significativos para fazer avançar a sua expansão em África, incluindo:

  • Estabelecimento de operações locais pela primeira vez na República Democrática do Congo, Etiópia e Sudão para ajudar a apoiar e reforçar o ecossistema financeiro local. A Visa tem 10 escritórios em toda a África, a partir dos quais apoia pagamentos em todos os 54 países.
  • Revelou o primeiro estúdio dedicado à inovação da Visa África Subsariana, em Nairobi, Quénia, para proporcionar um ambiente de ponta para reunir clientes e parceiros para cocriar soluções comerciais e de pronto pagamento para o futuro.
  • Introduzir e expandir novas tecnologias que ajudam os consumidores e comerciantes africanos a fazer e receber pagamentos digitais, tais como o Tap to Phone, que pode transformar um simples telemóvel num dispositivo de pagamento, bem como reduzir os custos de remessas através de soluções inovadoras como a Visa Direct.
  • Estabelecer a Visa como o parceiro fintech de eleição, trabalhando em conjunto com empresas e empresários de tecnologia financeira inovadora, incluindo a execução do programa Visa Everywhere Initiative, que lançou programas nacionais dedicados na Etiópia e no Egipto, com o programa global a atrair novos participantes de toda a África.
  • Lançamento de novos programas para apoiar o empoderamento das mulheres juntamente com parceiros financeiros, incluindo She’s Next, que está a trazer financiamento, mentoria e oportunidades de networking a mulheres empresárias que lideram PMEs em crescimento no Egipto, Quénia, Marrocos, e África do Sul.
  • Colaborar com os parceiros, para promover a alfabetização financeira em várias línguas, incluindo a primeira versão árabe de Practical Money Skills no Egipto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui