[Entrevista] Januário Jano, anfitrião do evento TEDxLuanda

1329

Januario_Jano

O prometido é devido e, se estiverem lembrados, num artigo em que fizemos referência à abertura das inscrições para o evento TEDxLuanda 2013, nos comprometemos em trazer um dos responsáveis pelo evento para dar mais explicações acerca do mesmo.

Daí surgiu esta entrevista com Januário Jano, o anfitrião do evento. Sem mais delongas, vamos ouvir ver o que o ele tem para nos apresentar.

MenosFios (MF): Como é habitual, reservamos a primeira questão para a apresentação.

JJ: Januário Jano, curador e anfitrião do evento TEDxLuanda, designer e consultor de marcas, fundador da CoconoteStudio, agência de design e branding. Artista, criador dos KwicksPops.

MF: Qual a diferença entre os eventos TED e os TEDx?

JJ: Um evento TED, é um evento sem fins-lucrativos devotados as ideias que merecem ser partilhadas, que normalmente realiza-se nos Estados Unidos da América com a outra componente da TED Global que acontece na Reino Unido. O TEDx é um evento estilo TED que é organizado localmente sob licença da organização TED.

MF: Quem teve a ideia de fazer a primeira edição do TEDx em Angola?

Januário Jano, o curador e anfitrião do evento TEDxLuanda é a pessoal responsável pelo acontecimento do primeiro evento TEDx em Angola e em África num país de expressão portuguesa.

MF: Como escolhem os convidados dos vossos eventos? São escolhidos por vocês ou recebem inscrições dos mesmos?

JJ: Os convidados, isto quer dizer os oradores ou a audiência?, mas respondendo de uma forma completa, tudo passa de um processo de selecção tanto os oradores como a audiência. Para os oradores a selecção é feita por convite e por vezes casting, o ingrediente essencial para ser um orador TEDx, passa um pouco pelo que fazem, suas experiências e histórias, no qual deve estar associado ao tema central do evento. A audiência, também passa num processo de selecção, isto para podermos dinamizar o evento e trazer a melhor experiência aos participantes, pois diferente dos outros eventos no TEDx a audiência não estará somente assistindo o evento, mais sim participando.

MF: Em 2012 num artigo sobre o TEDxLuanda, recebemos alguns comentários menos positivos “TED sem Tecnologia não é TED”, fazendo referência à falta de um elemento directamente ligado à tecnologia em Angola. Esse ano, esse “problema” foi resolvido?

JJ: Na verdade, isto para nós não foi falta de tecnologia, por para os bons entendedores de tecnologia, notaram visivelmente a presença de muito uso de tecnologia e até mesmo experiências tecnológicas um pouco avançadas para o nosso mercado, é somente assistirem os vídeos e viram o uso de tecnologia no seu melhor. O TED não é um TEDx, e o que aconteceu no primeiro evento TEDxLuanda revolucionou a maneira como se faz um evento com ou mesmo sem grandes recursos e suporte, a semente esta lançada e isto é responsabilidade de pessoas que fazem parte desta sociedade, aqueles que realmente preocupam-se com a evolução, inovação e acima de tudo os que sonham fazer deste mundo um pouco melhor do que é. Estão convidados a virem mostrar e celebrar connosco o melhor que fazem, tanto em tecnologia ou agronomia, inovação é o que procuramos.

MF: Os eventos têm temas? Se sim, como são escolhidos?

JJ: Os eventos têm temas!!!! Oh sim, tem tema e subtemas: os temas servem de linha condutora e os subtemas servem de ligadores. A escolha do temas e subtemas são escolhidos seguindo alguns critérios a considerar e que tudo reverte-se ao objectivo principal do evento.

MF: Pelos eventos que já aconteceram, como consideram a qualidade das apresentações dadas pelos palestrantes angolanos?

JJ: Somente aconteceu um evento, e este será o segundo, visto que os eventos TEDx são novidades para muitos, em especial em Angola, onde ainda continuamos a explicar as pessoas o que é um evento TEDx. Os oradores (Speakers) estiveram muito bem, visto que foi algo que nunca tinha feito antes, muitos estavam confidentes porque já haviam feito apresentações e não pensam ser problema, mais o facto de serem confrontados com um contador e um tempo determinado para fazerem a sua apresentação, ai as coisas ficaram meio fora da zona de conforto de muitos oradores, mas no final o contagio espalhou-se e tudo foi muito bem.

MF: Quais são as expectativas da organização em relação ao evento de 2013?

JJ: Que depois do primeiro evento, já muito devem estar contagiados e com isto esperamos que a integração seja maximizada, que os sonhadores, inventores e inovadores em todas as áreas juntem-se a nós para projectarmos os que melhor se faz em Angola, com Tecnologia, Entretenimento, Design e o factor X agregado.

MF: Como as pessoas podem se inscrever para irem assistir ao TEDx?

JJ: Para inscreverem-se, aqui usamos um pouco de tecnologia – devem acessar o nosso website: www.tedxluanda.com e seleccionarem a categoria INGRESSOS, lá esta um formulário que deve ser preenchido, após isto, receberá uma confirmação com algumas informações relevantes

MF: Soubemos de uma visita do núcleo TEDxLuanda a um lar no Huambo. Será que esse é o indício de futuros TEDx’s fora de Luanda?

JJ: A visita ao Huambo, e como vai acontecer em outras localidades do território nacional e fora, foi com a intenção de levarmos um pouco do que é o TEDxLuanda e confraternizar com as crianças e adultos do Huambo. Organizamos este tour convidados a todos os interessados a participarem, alguns amigos (TEDx´sters) juntaram-se a nós e doaram bens, tempo e suas história bem partilhadas com as crianças do centro de acolhimento OKITUIKA e o centro das irmãs solidárias onde acolhem crianças recém nascidas e menores de 5 anos de idade órfãs. Esta foi um momento TEDx, e isto é o espírito das pessoas que querem fazer deste mundo um pouco melhor. O futuro é partilhado no presente!

MF: Quer deixar uma mensagem à todos interessados em participar do TEDxLuanda?

JJ: O evento TEDxLuanda não é elitista ou segregado, esta inteiramente aberto a todos que de certa forma sente a necessidade de fazerem a diferença em todos os campos, todos os anos vamos realizar um evento e esta aqui lançado o desafio: participem e venham mostrar para nós e o mundo o melhor que sabem fazer, no qual as soluções dos vossos feitos impactam de forma positiva as vossas e nossas comunidades.

Obrigado e contagia o próximo, seja um TEDx´ster!

Ligue os pontos, faça-o bem