5 Startups africanas incríveis para ficar de olho

934
imagem: Freepik

O continente africano é dividido hoje em 5 regiões que por sua vez separam-se em 55 países que falam mais de 2.096 línguas com quase 9 mil dialetos diferentes.

Paralelamente, a CB Insights, empresa norte americana de pesquisa e tecnologia, levantou que em 2020 cerca de 1.35 milhões de startups de tecnologia estavam ativas no mundo.

O número de empresas deste tipo vem crescendo muito nos últimos anos e algumas das que mais se destacaram nasceram a partir das demandas, pluralidades e riquezas culturais das nações africanas.

Diante disso, listamos 5 startups que nasceram e atuam em diferentes localidades da África que são presença indispensável em qualquer radar de negócios inovadores para o futuro:

1. Intella

Se apresentando como uma plataforma de inteligência de mercado que provê insights e ajuda nas operações comerciais e de branding no cotidiano das empresas, esta startup egípcia é uma dos grandes nomes emergentes no seu segmento. Tendo conseguido aporte recente de mais de um 1 milhão de dólares, a empresa que já atua em 3 países com certeza estará presente em muitos outros.

2. Koolboks

Uma das duas ganhadoras do primeiro prêmio Africa Tech Awards, promovido pelo International Finance Corporation (IFC), a Koolboks se destacou no campo da “climate tech” e desenvolve produtos de refrigeração acessíveis, com tecnologia de ponta e que não agridem o meio ambiente.

3. Digemy

Com base na Cidade do Cabo, capital legislativa da África do Sul, esta startup tem como objetivo a facilitação do ensino, trabalhando com educadores que por meio da plataforma capacitam e treinam equipes remotamente para o mercado. Com uso da gamificação do aprendizado, ferramentas de editor de vídeo online, como legendas, vinhetas e conteúdo inteligente, a empresa vem vencendo a barreira do engajamento no ensino online e já saiu com mais de 70 mil dólares de sua primeira rodada de investimento,

4. Heyfood

Com a premissa de levar os restaurantes favoritos dos cidadãos nigerianos às suas portas, a Heyfood vem ganhando mercado aos poucos. Se destacando pela usabilidade e, segundo a empresa, o desafio do status quo, este aplicativo vem se tornando um dos favoritos para pedir comida e já tem mais de 5 mil downloads somente na Play Store.

5. Boya

Se propondo a ajudar os negócios a terem uma melhor gestão financeira e acompanhamento do que é gasto para que melhores decisões corporativas sejam tomadas, a startup Kenyana, criada em 2021 e com sede em Nairobi vem tornando a vida financeira dos empreendedores mais fácil com o uso de tecnologia para o controle de custos e cartõe Visa digitais e físicos para administração de verba.

O cenário de tecnologia dos países africanos é vibrante e atrai especialistas do mundo todo, então quer você invista, tenha sua startup ou seja só um entusiasta deste mercado, vale seguir as empresas desta lista de perto!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui