África: o mercado de TV por assinaturas atinge 23,7 milhões de clientes

271

Uma pesquisa realizada pela empresa Dataxis, revelou que o mercado de TV por assinaturas em África atingiu cerca de 23,7 milhões de clientes. Uma expansão constante de assinantes em todo continente.

Estes dados revelados representam um crescimento de mais de 2% no trimestre, e um crescimento ano a ano de mais 18%, em comparação com o segundo trimestre de 2016. Entre os assinantes, 70% recebem televisão por satélite.

A DTH(Direct to Home- Direito para casa, é uma modalidade de transmissão na qual os sinais de TV são enviados via satélite directamente para o televisor dos assinantes do serviço, com alta qualidade de som e imagem), é confirmado como o principal modo de recepção de TV em todo o continente africano.

Seguido do acesso TDT(Televisão digital terrestre, é a transmissão de imagens em movimento e do seu som associado mediante um sinal digital de uma rede de repetidores terrestres.) com 24% da participação no mercado.

Por outro lado, a DTT(televisão digital terrestre em português), ainda está a ser implementada e desenvolvida em vários países africanos importantes e a Dataxis prevê que isso permitirá que os operadores de TDT ganhem novos clientes nos próximos anos.

O relatório diz que o mercado permanece altamente concentrado, com a Naspers a dominar tanto em termos de assinantes quanto de receitas. No entanto, a chegada da Kwesé, uma subsidiária da Econet Media, deverá aumentar a concorrência no mercado africano.