Angola Cables firma parceria com a Vox

0
1568

O provedor integrado de TIC e infraestrutura Vox firmou uma parceria com a Angola Cables, que lhe dará acesso remoto por pares ao Sistema de Cabos do Atlântico Sul (SACS) submarino que liga a África às Américas.

O SACS é a primeira conexão de cabo submarino a fornecer um link direto entre a África e a América do Sul. O cabo de 6.165 km de comprimento com capacidade de projecto de 40Tbps conecta Luanda, Angola com Fortaleza, Brasil e fornece a opção de roteamento de menor latência entre os dois continentes.

Segundo Christopher Burrell, chefe de rede da Vox, actualmente, a VOX utiliza três sistemas de cabos para fornecer conectividade internacional entre a África do Sul e Londres no Reino Unido – o Atlântico Sul 3 (SAT3), o Sistema de Cabos de África Ocidental (WACS) e o Sistema de Cabos Submarinos de África Oriental (EASSy).

Burrell afirma que, a capacidade adicional através deste quarto cabo da Angola Cables melhorará significativamente a rede principal da empresa de TICs. “O SACS oferece conexões com outros sistemas de cabo, como WACS e MONET, que conectam o Brasil aos Estados Unidos, ajuda a reduzir a latência entre a África e a América do Norte em até 60% quando comparadas às opções de roteamento existentes na Europa”.

O responsável da Angola Cables, António Nunes, afirma que o SACS apresenta uma infinidade de benefícios para os usuários de ambos os lados do Atlântico. Além das consideráveis ​​reduções nas latências, a rede a cabo tem a capacidade para atender ao enorme aumento na demanda por serviços de dados. “Como o SACS também possui várias opções de conexão posteriores, empresas e indivíduos podem enviar, partilhar ou transmitir dados de maneira rápida e eficiente, algo que se tornou uma mercadoria vital na economia digital de hoje“.

Os clientes que se beneficiam do novo acordo com a Vox incluem o número crescente de empresas que procuram utilizar tecnologias como redes de área ampla definida por software (SD-WAN), provedores de serviços Over the Top (OTT) e VPN.

Em Novembro de 2019, a Angola Cables e a Nokia colaboraram para fornecer uma conexão óptica direta entre a África e a América do Norte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here