Angola é o primeiro país da SADC a rastrear electronicamente contentores de alto risco

1797

Angola tornou-se o primeiro Estado da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC)  a implementar o programa de controlo electrónico de contentores (PCC), segundo fontes dos serviços das Alfândegas, representados pela Administração Geral Tributária (AGT).

De acordo com aquela instituição pública, desde o ano passado Angola aderiu ao Programa de Controlo de Contentores (PCC), uma iniciativa que visa banir infracções, com o apoio do Escritório da ONU sobre Drogas e Crime (UNODC) e da Organização Mundial das Alfandegas (OMA).

MAIS: DP World lança plataforma para gerir cargas no Terminal do Porto de Luanda

O programa de controlo electrónico de contentores (PCC) funciona de modo centralizado e tecnológico, de modo a elaborar o perfil de Contentores de Alto Risco, obtendo o acesso a um sistema electrónico de busca, além de possibilitar os usuários a rastrearem contentores com destinos específicos, fornecer informação detalhada do tipo de carga, rota e métodos de pagamento.

Para Ângelo Silva, chefe do Departamento de Tarifas e Comércio Aduaneiro da AGT, a implementação desse programa alinha o nosso país no combate internacional ao tráfico de drogas, de animais selvagens, de produtos contrafeitos, pirateados, bem como outras infracções no âmbito do comércio internacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui