DP World lança plataforma para gerir cargas no Terminal do Porto de Luanda

0
1176

A DP World Luanda, empresa que ganhou o concurso internacional para operar o Terminal Multiuso(TMU) no Porto de Luanda, com uma concessão de 20 anos, disponibilizou aos clientes, no princípio desta semana, a utilização de uma ferramenta digital para acompanhamento e gestão das cargas enviadas para o Terminal Multiusos.

Segundo o que foi revelado aos jornalistas, em comunicado de imprensa, a plataforma digital tem como nome CargoesFlow e foi desenvolvida pela equipa tecnológica do Grupo DP World, e tem como objectivo acompanhar em tempo real a expedição e a chegada  das encomendas que passam naquele terminal.

A novidade tecnológica permite aos clientes gerirem os atrasos e as expectativas dos fornecedores a quem a carga se destina e, consequentemente, minimizarem as perdas financeiras daí decorrentes.

A CargoesFlow está disponível no site da DP World, e segundo a multinacional, a ferramenta já pode ser descarregada de forma imediata, rápida e segura para todo e qualquer utente do Terminal Multiuso(TMU) no Porto de Luanda. Depois de fazerem o registo no CargoesFlow, os clientes têm acesso a informação em tempo real sobre a localização da sua carga, as datas previstas de chegada ao destino, e as datas previstas para levantamento.

De informar ainda que CargoesFlow regista o histórico do cliente, com informação detalhada sobre todos os movimentos realizados no Terminal Multiusos do Porto de Luanda – os contentores recebidos, os dias de chegada e os dias de entrega, as horas necessárias para a sua disponibilização, inclusive sobre eventuais acidentes que possam ter ocorrido e como foram resolvidos.

Toda a informação na referida plataforma pode ser acedida em 24/horas por dia, em qualquer parte do mundo, e onde os clientes da DP World Luanda podem gerir os seus negócios de forma mais eficiente e com ganhos efectivos nos resultados, uma vez que com esta ferramenta poupam tempo e recursos, acrescenta a empresa em comunicado.

Patrick Anderson, director comercial da DP World Luanda, diz que com a CargoesFlow “todos os nossos clientes saberão sempre onde e como está a sua carga, desde o momento da expedição do contentor até à sua chegada a Luanda, desembarque e entrega, assim como ao eventual regresso dos contentores vazios“.

Por fim, ressalta o gestor que a “CargoesFlow foi concebida para aumentar a eficiência do sector portuário angolano e gerar maior transparência operacional, duas variáveis por demais importantes para os clientes de qualquer terminal, mas que até há bem pouco tempo eram descurados aqui em Angola”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here