[Angola] GGPEN prepara 2ª formação sobre pequenos satélites

1083

Durante esta semana a comunidade de telecomunicações em Angola recebeu notícias positivamente impactantes. Para adicionar aos bons ventos, o Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional (GGPEN) tem outra notícia de realce:

De 17 de Maio a 14 de Junho, o Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional (GGPEN) promove a segunda formação sobre pequenos satélites, no Centro de Formação Tecnológico do ITEL (CFITEL).

O Curso é uma aposta do GGPEN com propósito educacional e tem como finalidade transmitir para a academia nacional conhecimentos sobre Ciência e Tecnologia Espacial.

O referido curso compreende as fases de desenho, integração, testes e lançamento de CANSAT (representação de um satélite real num volume de lata de refrigerante de 330 ml) e tem o objectivo de garantir que todas as equipas participantes tenham o conhecimento e os equipamentos necessários para cumprir com a missão primária e secundária do CANSAT.

Foram inscritas mais de 30 instituições do Ensino Superior e técnico-médio profissional a nível nacional, que serão representadas por grupos de professores-coordenadores e estudantes das diversas áreas de engenharia.

A formação será ministrada por especialistas angolanos afectos ao GGPEN certificados internacionalmente (UNISEC), sendo a última fase contemplada no ANGOTIC – 2019 com a presença de renomados prelectores estrangeiros.

Este curso é um projecto do Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação (MTTI), organizado, anualmente, no ANGOTIC – Angola ICT Forum, pelo Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional (GGPEN) no Departamento de Ciências Espaciais e Pesquisa Aplicada (DCEPA) em cooperação com a comunidade académica angolana no sentido de desafiar os estudantes a fazer uma representação funcional de um satélite real integrado no volume de lata de refrigerante de 330 ml, proporcionando aos formandos a primeira experiência em projectos relacionados com a Ciência e Tecnologia Aeroespacial. Os estudantes terão uma visão ampla de como os satélites operam dependentemente das suas missões.

Mais detalhes podem ser encontrados na página oficial www.ggpen.gov.ao.