Angola já conta com mais de um milhão de usuários do serviço “mobile money”

1
1364

Angola conta actualmente com mais de um milhão de usuários do serviço  “mobile money”, de acordo com as palavras do Governador do Banco Nacional de Angola, José de Lima Massano.

Essa informação foi prestada no último final-de-semana, pelo responsável máximo do Banco Central Angolano, onde ainda disse que estes números apresentam uma evolução de mais de meio milhão de adesão só no espaço de um ano, significando uma forte preferência dos detentores de telemóveis em beneficiar de serviços bancários por via dos dispositivos digitais.

MAIS: Banco Nacional de Angola pondera a implementação de moedas digitais

Nos números divulgados, vê-se que os valores movimentados na rede interbancária de serviços da EMIS, para todo o ano de 2021, totalizaram 17,6 biliões de kwanzas, o que representa uma subida de 32% em relação ao ano anterior.

Segundo ainda o que é revelado pelo jornal Economia & Finanças, Em termos acumulados, no ano passado, só em levantamentos e compras, foi registado o valor de 6,8 biliões de kwanzas nas Caixas Automáticas, onde o aplicativo Multicaixa Express (HBMB) teve 4,9 biliões, enquanto que os Terminais de Pagamento Automático (TPA) tiveram 4,3 biliões.

1 COMENTÁRIO

  1. Há aqui uma confusão de conceitos, ATM(Caixas Automáticas), TPAs e internet/mobile banking/multicaixa express não é a mesma coisa que mobile money (dinheiro móvel). Da forma como esta notícia é apresentada, claramente estes números apresentados não são relativos a mobile money (Unitel Money, e-kwanza, etc), então há aqui uma notícia enganosa (ou por ignorância ou por conveniência).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here