Angola Online acedida diariamente por mais de três mil cidadãos

3528

De acorco com o director do Instituto Nacional de Fomento da Sociedade da Informação (INFOSI), Miguel Cazevo, a internet gratuita “Angola Online” regista diariamente o acesso de três mil e 200 cidadãos em todos os pontos da cidade de Luanda.

O director fez saber que os pontos do Largo das Escolas, do 1º de Maio, da Sagrada Família e do Antigo Controlo na Corimba são os que se apresentam com maior conexão, onde diariamente se verificam mil e 200 conexões.

É um projecto social. Duas horas diária por dispositivos são para permitir que mais pessoas tenham acesso a internet.

Miguel Cazevo realçou que atendendo à demanda prevê-se criar parcerias com operadoras para o alargamento do projecto, bem como implementar o empreendedorismo juvenil. Cento e cinco pontos estão previstos para a província de Luanda no corrente ano. As centralidades do Kilamba e Sequele e o bairro Cassequel são prioritárias.

Cada área ou ponto de acesso tem capacidade de suportar 60 utilizadores em simultâneo, por cada duas horas num dia. Depois de terminado este tempo, o utilizador deixa de ter acesso para permitir a entrada de outros na rede.