Baterias que durem duas vezes mais ao aceder à rede, o MIT promete…

0
980

bateria menosfios.com

Quem ainda não sabe o que é o MIT deve ficar atento e nunca mais esquecer. MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) é uma Universidade Norte Americana responsável por muitas inovações tecnológicas nos últimos anos.

Desta vez eles estão a se concentrar num tema que me tira o sono há muito tempo: a duração da bateria quando acedemos à internet.

Na verdade a pesquisa não saiu do MIT, mas sim de uma empresa fundada por professores do MIT, ela chama-se  ETA Devices. O sistema em estudo poderá diminuir pela metade o consumo de energia das estações base (falando de Telefonia Móvel Celular) e por consequência, falamos também dos smartphones.

Qual é o segredo dessa tecnologia?

Para os sinais serem recebidos lá nas centrais da Unitel, Movicel… (insira outra companhia aqui), ele precisa de ser amplificado. Os nossos telemóveis têm esses dispositivos amplificadores de energia, que se responsabilizam por isso. Ao mesmo tempo esses dispositivos convertem a electricidade em sinais de rádio. Este amplificador funciona em modo de alta potência para o envio de dados e também em baixa potência para o modo standby. Mas como a alternância abrupta entre os níveis de energia podem distorcer o sinal, o modo standby é mantido de forma que acaba consumindo muito mais energia do que necessita.

Se os amplificadores consumirem pouca carga, logo a vida útil da bateria será maior. Isso é conseguido fazendo com que o amplificador escolha a tensão apropriada, numa frequência que pode atingir mais de 20 milhões de vezes por segundo.

Esta tecnologia poderá ser apresentada de um modo mais elaborado, no primeiro trimestre de 2013.
[Fonte]: Info

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here