CES 2019: IBM lançou o seu primeiro computador quântico comercial

738

A IBM acaba de anunciar o seu primeiro computador quântico comercial para uso fora do laboratório. O sistema de 20 qubits combina em um único pacote as peças de computação quântica e clássica necessárias para usar uma máquina como essa para aplicativos de pesquisa e de negócios.

Esse pacote, o sistema IBM Q, ainda é enorme, é claro, mas inclui tudo o que uma empresa precisaria para começar com seus experimentos de computação quântica, incluindo todo o maquinário necessário para resfriar o hardware de computação quântica.

Embora a IBM o descreva como o primeiro sistema de computação quântica universal totalmente integrado projectado para uso científico e comercial, vale a pena ressaltar que uma máquina de 20 qubits está longe de ser poderosa o suficiente para a maioria das aplicações comerciais que as pessoas imaginam para um computador quântico com mais qubits, e qubits que são úteis por mais de 100 microssegundos.

Não é surpresa, portanto, que a IBM enfatize que esta é uma primeira tentativa e que os sistemas são “projectados para um dia lidar com problemas que actualmente são vistos como muito complexos e exponenciais para lidar com sistemas clássicos”.

A IBM pensa claramente no sistema Q como uma obra de arte e, de facto, o resultado final é bastante impressionante. É uma caixa hermética de 2.7 metros de altura e largura, com o candelabro de computação quântica pendurado no meio, com todas as partes bem escondidas.