É oficial: Candidaturas abertas para o novo concurso da 4ª operadora

2367

Recentemente aconteceu o que pode ser considerado a pior novela para história de Angola  no sector das Telecomunicações a quando do concurso para a 4ª operadora de telefonia móvel, onde o a Telstar acabou por ganhar e a posterior o referido concurso acabou por ser anulado pelo actual Presidente da República.

Depois dessa anulação, o titular do executivo João Manuel Gonçalves Lourenço, recomendou ao Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação a abertura de um novo concurso, que foi oficialmente aberto, as empresas que queiram concorrer têm de pagar o equivalente em Kz a 120 mil USD para ter acesso ao caderno de encargos do concurso.

O concurso público para a atribuição de licença ao 4.º Operador Global no Sector das Telecomunicações foi aberto por despacho presidencial, publicado no dia 30 de Abril, que obriga o grupo de trabalho responsável pela condução do processo a “manter o Presidente da República informado sobre todas as fases do procedimento do concurso” e a “remeter o relatório final para efeitos de adjudicação”.

As empresas que queiram concorrer têm de pagar um valor em Kz equivalente a 120 mil USD para ter acesso às “peças do procedimento”, como refere o número 5 do Despacho Presidencial, que autoriza o grupo de trabalho a contratar, por “contratação simplificada”, consultoria nacional ou internacional “para garantir a preparação técnica e especializada das peças do procedimento” e para “auxiliar a Comissão de Avaliação na apreciação das candidaturas”.