EMIS lança serviço de descontos direto nas contas bancárias

8702

Quem já esteve a oportunidade de residir em outros países mais desenvolvidos, sabe que normalmente o pagamento de alguns serviços pontuais são efetuados por débito direto, evitando assim que as pessoas possam movimentar-se desnecessariamente para efetuar pagamentos.

A Empresa Interbancária de Serviços (EMIS) lançou um novo sistema de pagamento denominado Sistema de Débitos Diretos (SDD), que permite ao cliente bancário autorizar o débito (desconto direto) na sua conta, para pagamentos recorrentes ou prestações decorrentes na aquisição de bens a crédito. A EMIS clarifica que esse sistema de pagamento possibilita que qualquer cliente bancário autorize o débito na sua conta, para pagamentos de serviços como o fornecimento de água, energia, telecomunicações, televisão por assinatura, gás, seguros, rendas de casa, propinas ou prestações decorrentes da aquisição de bens a crédito.

Quais são as vantagens do serviço de débito direto?

Das vantagens do SDD, a não deslocação dos clientes às agências bancárias, para efetuar os referidos pagamentos de serviços recorrentes, assim como evita o cancelamento do serviço a pagar por esquecimento do beneficiário. Outro benefício desse sistema é a cobrança automática, sem atrasos nos recebimentos e reduz custos, podendo ser implementado na modalidade de pós-pagamento e pré-pagamento.

O SDD apresenta ainda a vantagem de ser completamente ‘interoperável’, ou seja, os devedores (cliente) e a entidade credora (prestador de serviços) podem estar domiciliadas em bancos diferentes, sendo o serviço apoiado por um conjunto de regras que proporcionam garantias robustas às partes envolvidas.

Quais são as empresas que já estão a usar o serviço de débito direto?

Nesta altura, o referido sistema já se encontra em operação com diversas entidades, como a DSTV, ENSA, Global Seguros, Nossa Seguros e a ZAP Media, estando em processo de adesão e outros prestadores de serviços. Para a EMIS, a operacionalização do Sistema de Débitos Diretos representa um marco importante para a modernização do sistema financeiro angolano, contribuindo positivamente para transformar a forma de efetuar e receber pagamentos.

2 COMENTÁRIOS

  1. Esta informação é muito importante e eu gostaria muito que a ENDE aderisse já ao SDD da EMIS, porque há 3 meses atrás houve uma falcatrua na sua DATA BASE na qual simulam facturações em atraso (junho e julho) enquanto o cliente pagou Setembro em dia… ENDE deve já aderir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui