Entretenimento nacional ganha plataforma tecnológica para a divulgação e promoção dos trabalhos

2057

O mercado de Entretenimento nacional ganhou recentemente uma plataforma tecnológica para a divulgação e promoção dos trabalhos e carreira dos artistas angolanos, denominado “AGENDA”.

Segundo o criador do projeto tecnológico, Mário Rodrigues, a plataforma digital “é um dispositivo prático e nacional que veio dar resposta à dificuldade de contratação dos artistas, fundamentalmente os não agenciados”, ressaltando que a plataforma não funciona como uma agência, mas sim serve de ligação e intercâmbio entre o cliente e artista ou a agência do artista caso exista.

 “Todo e qualquer usuário que queira contratar um artista na agenda pode consultar o dispositivo eletrónico, onde vão constar as agendas de trabalho dos artistas, a biografia, as redes sociais, as músicas e os vídeos, como um aplicativo interativo”, disse Mário Rodrigues, na apresentação da plataforma.

MAIS: Cultura angolana ganha plataforma digital para promoção e divulgação da música nacional

A criação da “AGENDA” teve a duração de um ano, onde para qualquer músico possa fazer parte da mesma é obrigação que esteja cadastrado, desde que descarrega o aplicativo na App Store, para dispositivos IOS e na Play Store para dispositivos Android. Depois do cadastro o público pode visualizar, somente os criadores registados na plataforma das mais variadas disciplinas artísticas.

De seguida, disse, os interessados devem se informar sobre o pretendido e depois formalizar o pedido de contratação. Depois, os clientes recebem várias informações solicitadas sobre o tipo de evento que pretendem. No seguimento e cumprindo os requisitos, o cliente faz o pagamento, partilhar o comparativo e receberá a confirmação por mensagem da marcação da sua atividade com o respetivo artista.

Para vários músicos nacionais, concordaram que uma maior divulgação da referida solução tecnológica irá permitir ainda congregar vários colegas e facilitar os cidadãos interessados na procura dos serviços dos promotores. Consideraram também a iniciativa como sendo uma valia para classe, na qual pediu mais união entre os agentes para divulgação das agendas e da própria plataforma de forma clara sobre as suas vantagens.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui