[Entrevista] Cloud Computing, com Pedro Paz

0
1379
Pedro Paz
Pedro Paz, uma referência a se ter em conta ao falar de “Cloud”

Fiquei a conhecer o Pedro Paz numa das sessões do CAST (Comunidade Angolana de Segurança e Tecnologia).

Numa das edições ele partilhou o seu conhecimento sobre “Cloud Computing” (Computação em Nuvem).

Sendo um tema bastante interessante, não tinha como deixar os leitores do Menos Fios sem essa informação, por isso a equipe Menos Fios convidou o Pedro Paz para uma pequena conversa.

______________________________________________________________________________

Menos Fios(MF): Pode fazer uma pequena apresentação aos nossos leitores, sua especialidade, fóruns em que participou?

Pedro Paz(PP):  Sou o Pedro Paz, tenho 25 anos de idade e formado em Informática.
Licenciatura: Web and Application Development (Web e Desenvolvimento de Aplicações)
Mestrado: Information Technology Management (Gestão Informática)
Já participei em muitos eventos/fóruns de carácter internacional e mencionarei os seguintes:
• Career Development at University College Of London in 2011 (UK/London)
• Educational Reform at London Imperial College in 2011 (UK/London)
• Fighting against cyber crime at London School of Economics in 2011 (UK/London)
• Africa and Globalization at London School of Economics in 2011
• Facebook and ICT Law at University of East London in 2011
Em Julho de 2012 fui convidado para palestrar na Conferencia Internacional de Cloud Computing na Tailândia e a mesma foi um sucesso.

MF:Já agora, podia dar uma explicação sobre o conceito “cloud computing” (Computação em Nuvem)

PP:Antes gostaria de realçar que este termo tem sido discutido bastante e ainda deixa muitas dúvidas, contudo, eu definiria Cloud Computing como sendo a disponibilização/entrega de certos serviços de computação usando as tecnologias de internet. Estes serviços repartem-se em 3 categorias: Hardware, Plataforma e Aplicações.

MF: Que benefícios teriam as empresas no uso da Cloud Computing?

PP: Esta tecnologia oferece-nos muitos benefícios e mais abaixo mencionarei alguns que acho relevantes:
• Redução de custos
Disponibilidade da informação/dados em qualquer parte e a todo momento
• Redução na necessidade de suporte técnico
• Alta escalabilidade
• Pagar somente pelos recursos a serem usados (pay-as-you-go model)
Facilidade de integração com os sistemas antigos ou já existentes na empresa

MF: E quanto aos usuários finais?

PP: Não difere muito dos benefícios mencionados acima:
• Disponibilidade de informação/data 24/24
• Acesso a informação/dados em qualquer parte
• Utilização imediata das novas ferramentas (caso sejam adicionadas pelo provedor)
• Utilização dos recursos independente de qualquer

MF:  Um dos grandes problemas relacionados com a “nuvem” é a segurança da informação. Será as empresas que fornecem esses serviços não acedem aos nossos dados?

PP: Talvez algumas o façam com certas finalidades.

MF: Voltando aos usuários finais, temos visto uma “invasão” de empresas/aplicativos para a “nuvem”, podemos citar o Dropbox, Skydrive, Google Drive, Box Net… Como podemos escolher a melhor empresa para confiarmos a nossa informação?

PP: Do meu ponto de vista a melhor forma é obtendo dados históricos da empresa, de formas a avaliar a qualidade que estes têm prestado, e para o caso das empresas, aconselho que na fase inicial comecem com pequenos serviços tais como e-mail, partilha de ficheiros e consequentemente aumentar o número de serviços de acordo a qualidade e fiabilidade verificada.

MF: Empresas como bancos, instituições governamentais, têm um cuidado extra com a sua informação. De que forma elas poderiam pôr a sua informação na nuvem com o máximo de segurança possível?

PP: Cloud computing pode ser implementado em 4 ambientes diferentes: Público, Privado, Híbrido (publico + privado) e Comunidade.
Neste caso, a empresa pode optar pelo ambiente híbrido e definir quais os serviços, dados ou informação a serem colocados no ambiente publico e quais no ambiente privado. Por outro lado, a empresa cliente deve sempre exigir o SLA (Service Level Agreement) que e um documento de compromisso entre as duas partes de formas que as informações sejam salvaguardadas e caso haja alguma discordância, as duas partes terão este documento (o SLA) como comprovativo.

 

MF: Em Angola, há condições para as empresas e não só, usarem a “nuvem” a 100%?

PP: A tecnologia Cloud computing somente é possível por causa de 3 factores abaixo mencionados:
• Avanços significativos no mundo da virtualização
• Melhorias e solidez nas tecnologias de internet
• Melhorias nas infra-estruturas informáticas (como por exemplo: data centers avançados)

O nosso pais infelizmente ainda não dispõe de nenhum destes três factores ao seu mais alto nível, sendo assim, creio que ainda não estamos em condições de usar esta tecnologia a 100%.

MF: Qual o futuro próximo de cloud computing?

PP: Com o crescimento acelerado que se tem verificado na industria da tecnologia móvel, aonde a mesma resume-se na introdução dos aparelhos ultra inteligentes tais como: iPhone, Galaxy 3, iPad e muitos outros, acredito que não tarda e estaremos a falar de Mobile Cloud Computing de forma muito intensa na qual os destinos e negócios de muitas grandes empresas estarão a ser conduzidos com o pequeno aparelho inteligente através de alguns toques num ecrã touch.

MF: Considerações finais.

PP: Esta tecnologia também tem as suas desvantagens tal como qualquer outra, mais os benefícios que a mesma oferece são imensos e por isso acredito que as condições/factores mencionados na questão anterior devem ser criados de formas que possamos usufrui-la na sua plenitude.

______________________________________________________________________

Espero que tenha dado para absorver algumas das ideias deste especialista e se houverem dúvidas, não hesitem em deixar nos comentários, para tentarmos esclarecer.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here