Estudantes angolanas vencem prémio na categoria de ciência nos EUA

0
8056

Sofia Carvalho e Keyla Cariata, estudantes da 12.ª classe no Complexo Escolar Privado Internacional, ex-colégio turco, arrebataram a medalha de bronze na categoria de ciências, devido à um estudo sobre o quiabo e a sua relação com o HIV.

Com objectivo de a provar a eficiência do quiabo como impulsionador de imunidade em pacientes infectados pelo vírus da imunodeficiência Humana (VIH), as duas estudantes angolanas uma medalha de bronze na Genius Olympiads, realizadas na SUNY Oswego, universidade estadual de Oswego, em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América.

De acordo com Sofia Carvalho, o projecto foi bem recebido nos Estados Unidos, como tinha sido em Angola, o que explica a medalha de bronze.“O nosso projecto foi sobre o quiabo e a sua eficiência como impulsionador de imunidade em pacientes infectados pelo VIH”.

As duas estudantes Foram agraciadas com bolsas de estudo para a SUNY Oswego, a que serão activadas quando concluírem o curso médio.

Foi um trabalho que contou com a colaboração de médicos do Hospital Esperança, em Luanda, Angola. As estudantes, conduziram uma experiência com quatro voluntários e foi implementado o uso constante do quiabo junto com a terapia de anti-retrovirais.

No entanto, as duas estudantes angolanas, Sofia Carvalho e Keyla Cariata pretendem converter a experiência em marca registada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here