Estudantes apelam a criação de uma plataforma digital para inscrições de candidatura a empregos

1561

Os jovens estudantes do ensino superior em Angola apelaram às instituições empresariais a criarem uma plataforma digital, que permita aos licenciados realizarem inscrições de candidatura a empregos.

Segundo Joaquim Caiombo, Presidente da Associação dos Estudantes das Universidades Privadas, disse que com a criação desta plataforma digital, o Governo Angolano e as instituições empresariais teriam o controlo dos recém-graduados que continuam desempregados e as suas áreas de formação.

Ainda no seu discurso, o Presidente da associação estudantil não esqueceu o assunto sobre à qualidade das infraestruturas académicas vocacionadas ao ensino, que ainda não são aceitáveis.

“Algumas instituições têm condições muito básicas, longe daquelas recomendadas pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO)”, informou Joaquim Caiombo.

MAIS: Angola está a criar condições para implementação do ensino superior à distância

Em termos de infraestruturas, faltam as condições laboratoriais e as três componentes deste nível de formação superior, nomeadamente a extensão, investigação e o ensino.

Para o representante associativo, urge um ambiente académico mais adaptado às exigências da docência, sobretudo no apetrechamento dos laboratórios e criação de bibliotecas com livros de acordo com os cursos existentes nas mesmas instituições

Muitas vezes, a biblioteca está cheia, mas só tem livros de um ou de outro curso. Outras vezes, são livros desatualizados e não ajudam no processo de ensino e aprendizagem”, reiterou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui