Facebook promete estender onda de solidariedade para outros países

0
1883

facebook-françaDurante a semana transacta o Facebook mudou. Alías, as fotos de perfil no Facebook mudaram. As cores “Azul”, “Branco” e “Vermelho” dominaram aquela rede social. O motivo todos já devem saber: solidariedade às vítimas dos ataques em França.

Na mesma senda foi activado o recurso Safety Check , que permite aos utilizadores nas zonas afectadas indicarem se estão vivos ( e se precisam de alguma ajuda).  A grande questão que foi posta logo em seguida foi: e as vítimas na Nigéria, Quénia, Síria, Iraque… e [insira um país do 3º mundo em guerra, ou que tenha sofrido um ataque terrorista], não merecem a solidariedade do Facebook?

Mark Zuckerberg já veio à público explicar as razões, justificando que até sexta-feira, 13, dia dos ataques em França, a ferramenta safety check era usada apenas em desastres naturais, já que o Safety Check permite que pessoas em regiões afetadas avisem a todos os contatos, de uma só vez, que estão em segurança.

“Muitas pessoas têm questionado, com razão, por que ligamos o Safety Check por Paris mas não pelos bombardeios em Beirute e outros lugares”,

“Nós acabamos de mudar isso e agora planejamos ativar o Safety Check para mais desastres humanos também”, segundo Zuckerberg.

Alex Schultz, vice-presidente de Crescimento do Facebook,também se pronunciou, citando terremotos no Afeganistão, Chile e Nepal..

Entregamos essa versão da ferramenta em outubro do ano passado e a activamos uma série de vezes. A cada vez, o esquema foi aprimorado para que não fosse usado de forma inoportuna, até que ocorreram os ataques parisienses e foi tomada a decisão de aplicar o Safety Check ali enquanto “os eventos ainda estavam se desdobrando”.

Parece que agora teremos um pouco mais de igualdade no Facebook…

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui