[Filda 2017] Unitel vence prémio de tecnologias de informação

889

De 26 à 30 de Julho ocorreu a FILDA 2017, concentrando as maiores empresas de Angola e várias outras empresas estrangeiras.

Unitel

Num ano díficil para a economia angolana, ainda cerca de 255 empresas expuseram os seus produtos na FILDA. A Unitel foi a vencedora do prémio tecnologias de informação. A Unitel fez a apresentação do seu aplicativo que permite aos utilizadores uma gestão dos seus dados. Na mesma feira a Unitel mostrou os frutos do seu departamento de inovação, com a demonstração da nova versão do jogo Zungueira Run.

A Sonangol recebeu galardão de ouro, acompanhado com um quadro de honra indicando ser a grande vencedora do prémio FILDA 2017. A petrolífera também foi a vencedora da categoria de melhor participação do sector petrolífero na Filda/2017.

Veja os demais vencedores:

 

Das 21 categorias premiadas, Portugal, através da Associação das Empresas Portuguesas (AEP), foi o vencedor da categoria de melhor representação internacional.

Para as categorias de melhor activação de marca e participação de entidades e empresas públicas, a, enquanto a empresa Automatriz venceu o prémio de melhor participação de máquinas e equipamentos. Na área da indústria transformadora foi distinguida a ADA.

Na categoria de melhor participação bancária, o prémio foi atribuído ao Banco de Poupança e Crédito (BPC), enquanto a Epal venceu no sector da energia e águas.

No sector dos transportes e logística foi distinguido o Porto de Luanda. Na categoria de produtos inovadores destacou-se o banco Bai (Bai Directo). Na área da saúde foi o vencedor o Centro de Fisioterapia “Ana Carolina”.

Os prémios das categorias de melhor participação de serviços e materiais de construção civil, bebidas, alimentação e comércio foram atribuídos às empresas Fabrimetal, Cuca, Kikovo e ao supermercado Candando, respectivamente.

As outras categorias foram atribuídas à Empresa Interbancária de Serviços (EMIS), que venceu o prémio de melhor participação de serviços, a ENSA (na categoria de seguros), Anglobal (na área de prestação de serviço, banca e Tic) e a Hull Blyth (na área da educação, formação e consultoria), respectivamente.

A 33ª edição da Feira Internacional de  Luanda, decorreu sob o lema “Diversificar a economia e potenciar a produção nacional, visando uma Angola auto-suficiente e exportadora“.

  • Hendrick Viegas

    Estão de parabéns, com isso os angolanos também ganham em prestação de serviço por parte da operadora.