[Filda 2017] Unitel vence prémio de tecnologias de informação

1
3101

De 26 à 30 de Julho ocorreu a FILDA 2017, concentrando as maiores empresas de Angola e várias outras empresas estrangeiras.

Unitel

Num ano díficil para a economia angolana, ainda cerca de 255 empresas expuseram os seus produtos na FILDA. A Unitel foi a vencedora do prémio tecnologias de informação. A Unitel fez a apresentação do seu aplicativo que permite aos utilizadores uma gestão dos seus dados. Na mesma feira a Unitel mostrou os frutos do seu departamento de inovação, com a demonstração da nova versão do jogo Zungueira Run.

A Sonangol recebeu galardão de ouro, acompanhado com um quadro de honra indicando ser a grande vencedora do prémio FILDA 2017. A petrolífera também foi a vencedora da categoria de melhor participação do sector petrolífero na Filda/2017.

Veja os demais vencedores:

 

Das 21 categorias premiadas, Portugal, através da Associação das Empresas Portuguesas (AEP), foi o vencedor da categoria de melhor representação internacional.

Para as categorias de melhor activação de marca e participação de entidades e empresas públicas, a, enquanto a empresa Automatriz venceu o prémio de melhor participação de máquinas e equipamentos. Na área da indústria transformadora foi distinguida a ADA.

Na categoria de melhor participação bancária, o prémio foi atribuído ao Banco de Poupança e Crédito (BPC), enquanto a Epal venceu no sector da energia e águas.

No sector dos transportes e logística foi distinguido o Porto de Luanda. Na categoria de produtos inovadores destacou-se o banco Bai (Bai Directo). Na área da saúde foi o vencedor o Centro de Fisioterapia “Ana Carolina”.

Os prémios das categorias de melhor participação de serviços e materiais de construção civil, bebidas, alimentação e comércio foram atribuídos às empresas Fabrimetal, Cuca, Kikovo e ao supermercado Candando, respectivamente.

As outras categorias foram atribuídas à Empresa Interbancária de Serviços (EMIS), que venceu o prémio de melhor participação de serviços, a ENSA (na categoria de seguros), Anglobal (na área de prestação de serviço, banca e Tic) e a Hull Blyth (na área da educação, formação e consultoria), respectivamente.

A 33ª edição da Feira Internacional de  Luanda, decorreu sob o lema “Diversificar a economia e potenciar a produção nacional, visando uma Angola auto-suficiente e exportadora“.

1 COMENTÁRIO

  1. Estão de parabéns, com isso os angolanos também ganham em prestação de serviço por parte da operadora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here