Google Fotos adiciona opção para reduzir espaço ocupado pelas fotos

0
903

Dia 1 de junho (terça feira) a Google vai efectuar alterações a um dos produtos que muitas pessoas utilizam (mesmo sem dar conta), o Google Fotos deixará de oferecer armazenamento ilimitado para todos.

Para evitar constrangimentos, a Google adicionará algumas funcionalidades à biblioteca de fotos. A novidade mais chamativa é o modo Storage Saver (economia de armazenamento, em tradução livre), cujo propósito é reduzir o espaço usado para guardar fotos e vídeos. Como consequência, as fotos com resolução muito elevada sofrerão uma compressão. A boa notícia é que as fotos actuais não serão afectadas.

E se quiser ficar com a qualidade original?

Se tiver fotos muito importantes e que precise de manter a resolução, poderá escolher se prefere manter o sistema de economizar espaço ou se quer fazer o backup na mesma resolução e qualidade original.

Com ajuda da inteligência artificial, o aplicação vai sugerir a exclusão de fotos borradas, imagens repetidas, capturas de tela ou vídeos grandes demais.

A Google tem alertado desde o início que todos os ficheiros carregados nos últimos anos, mesmo que sejam imagens em alta definição, não contarão para o limite de armazenamento.

Segundo as estimativas, mais de 80% dos usuários devem ser capazes de fazer upload de arquivos em alta qualidade por mais três anos antes de usar os 15 GB de espaço. Para quem quiser aumentar para 100 GB, terá de pagar 1,99 USD por mês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here