Google suspendeu parte do acesso da Huawei ao Android

976
https://twitter.com/Android/status/1130313848332988421?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1130313848332988421&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.engadget.com%2F2019%2F05%2F19%2Fgoogle-pulls-android-support-from-huawei%2F

As disputas tecnológicas entre Estados Unidos e China ganharam um episódio complicado neste domingo (19 de Maio de 2019), quando a Google suspendeu o acesso da Huawei a alguns dos seus serviços, como o suporte ao Android.

Dentre as suspensões, estão as transacções com a Huawei que exigem a transferência de hardware e software proprietários, atrapalhando boa parte dos seus negócios de smartphones fora da China. A empresa chinesa perde o acesso a futuras actualizações do sistema operativo além do Android Open Source Project, de acordo com a fonte, e os futuros telefones precisariam ficar sem aplicativos oficiais como o Google Play Store e o Gmail.

Após esse problema, a Huawei deu a sua primeira resposta à acção da Google: “A Huawei fez contribuições substanciais para o desenvolvimento e crescimento do Android em todo o mundo. Como um dos principais parceiros globais do Android, trabalhamos de perto com a plataforma de código aberto para desenvolver um ecossistema que beneficiou usuários e o sector. A Huawei continuará a fornecer actualizações de segurança e serviços de pós-venda para todos os produtos existentes para smartphones e tablets Huawei e Honor, cobrindo os que foram vendidos e que ainda estão em estoque globalmente. Continuaremos a construir um ecossistema de software seguro e sustentável, a fim de fornecer a melhor experiência para todos os usuários globalmente.”

É importante ainda lembrar que, recentemente a Huawei informou que desenvolveu seus próprios sistemas operativos no caso de ser impedida de usar o Android e o Windows, parece que a empresa já estava a prever um acontecimento desta proporção.