Governo quer tornar o país numa “hub regional das telecomunicações”

1172

O Executivo angolano quer tornar o país numa “hub regional das telecomunicações”, na qual o Instituto Angolano das Comunicações (INACOM) desempenhará um papel importante na regulação do sector., segundo o ministro das Telecomunicações, Tecnologia de Informação e Comunicação Social, Mário Augusto da Silva Oliveira.

O dirigente que falava no empossamento dos novos membros do Conselho de Administração do INACOM, disse ainda que essa mudança de gestores da instituição pública resulta da estratégia do Executivo em continuar afinar a máquina das diferentes instituições do sector com o objetivo de melhorar a eficiência das suas ações.

Mário Oliveira ressaltou a expansão dos serviços do sector em todo o território nacional como outro desafio que precisará do contributo da entidade reguladora dos provedores de serviços das telecomunicações, tecnologia de informação e comunicação social.

Face aos vários desafios do sector, precisa-se de um regulador forte e que vá de encontro aos interesses dos angolanos e das empresas”, sublinhou.

MAIS: INACOM confirma que existem já 7,2 milhões de subscritores de Internet em Angola

Por isso, encorajou aos empossados a trabalharem em equipa, assim como defenderem as leis e o ecossistema das telecomunicações e tecnologia de informação e comunicação social, visando o provimento de um serviço de qualidade e contribuir para a transformação e modernização tecnológica do país.

Joaquim Muhongo, o presidente do Conselho de Administração do INACOM, ao falar no ato informou que irá continuar a trabalhar para a criação de um ambiente regulatório que atenda aos interesses dos consumidores e operadores do mercado das comunicações eletrónicas.

De informar que no princípio do mês o Presidente da República, João Lourenço os novos responsáveis para funções administrativas do INACOM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui