Grupo Paratus irá revender serviços da Starlink em África

1820

Recentemente o INACOM não aprovou o lançamento dos serviços da Starlink em Angola para o IIº trimestre de 2023, falhou por falta de aprovação do regulador, mas o Jornal Expansão garante que vai estar disponível em Angola a partir do quarto trimestre deste ano.

Para a nossa surpresa, a instantes o Grupo Paratus anunciou que celebrou um acordo como distribuidor dos serviços de alta velocidade da Starlink em todo o continente africano. Este acordo permitirá à Paratus fornecer a Starlink aos seus clientes em toda a África, à medida que as licenças de operação forem concedidas à Starlink nesses países. Inicialmente, e, com efeito imediato, a Starlink será disponibilizada pela Paratus em Moçambique, Quénia, Ruanda e Nigéria, antes de ser alargada a mais países (que poderá ser o caso de Angola).

Com esse acordo, a Paratus por intermédio da sua subsidiaria em Angola (Paratus Angola anteriormente denominada ITA – Internet Technologies Angola) poderá fornecer aos seus clientes serviços fixos, de mobilidade e marítimos com efeito imediato (Caso não necessite de mais alguma autorização do INACOM). A Paratus poderá fornecer aos seus clientes apoio empresarial 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.

Será que a Starlink irá funcionar no país via Paratus Angola?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui