INACOM não aprovou serviços da Starlink em Angola para o segundo trimestre deste ano

10485

O Instituto Angolano das Comunicações (INACOM) não aprovou o lançamento dos serviços da Starlink em Angola para o segundo trimestre deste ano, com vista a expansão da empresa no mercado africano e materializar a missão de fornecer acesso à Internet para áreas remotas e carentes em todo o mundo.

Segundo o que conta o jornal Expansão, o serviço estava marcado para o II trimestre deste ano, mas o INACOM não aprovou. Agora, a Starlink é dada finalmente em Angola até ao final do ano. A SpaceX anunciou que vai começar a operar no país no quarto trimestre de 2023, onde com uma internet até 220 MB/s pode alavancar uma nova realidade para os negócios do sector.

Para todos os interessados, a Starlink já está a aceitar pré-inscrição angolana para o serviço, com um custo de 7.440 kwanzas (9 dólares).

Apesar de ser um serviço de internet via satélite, a empresa assegura que os mais de 4.700 de satélites da SpaceX em órbita e que estão “muito mais perto da terra” conseguem proporcionar uma latência de 25 a 50 milésimos de segundos, entre as mais baixas do mercado.

MAIS: Será que vale pena assinar a internet da Starlink? Saiba tudo sobre o elenco

Já a conexão máxima da Starlink chega a 250 Mbps de downlond e alcança uma velocidade máxima de 25 Mbps de upload, em qualquer parte do mundo, oferecido nos pacotes mais sofisticados.

A alta velocidade e a baixa latência tornam o serviço de internet por via SpaceX melhor do que as concorrentes no segmento por satélite, tornando-a também entre as mais caras, sendo acessível a classes económicas com mais posse, mesmo que o objetivo da empresa esteja assente na disponibilização de serviço de internet de baixo custo.

Em termos práticos, o sinal é captado por um Vsat da empresa, sendo instalado no telhado ou em alguma área aberta para captar o sinal e um router Wi-Fi da Starlink que recebe e distribui o sinal aos utilizadores.

A Starlink, que inaugurou o seu serviço em África, em fevereiro na Nigéria, disponibiliza pacotes de internet residencial, comercial, de viagem, marítima e também para aviação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui