IGAPE inicia processo de reprivatização da UNITEL

1380

O Instituto de Gestão de Activos e Participaçõesdo Estado (IGAPE) anunciou, hoje, o início do processo de reprivatização da UNITEL em mercado concorrencial, cuja primeira reunião do grupo de trabalho conjunto decorreu na última sexta-feira, na capital do país, Luanda.

De acordo com a informação publicada no site da IGAPE, o grupo técnico deverá, inicialmente preparar, uma proposta de estratégia e cronograma de reprivatização, que suporte o competente Despacho Presidencial de autorização deste processo e norteie a sua implementação.

A composição do grupo de trabalho, será de natureza estritamente técnica, abarcando apenas quadros do IGAPE e SNL, como accionistas, e da UNITEL”, pode ler-se no documento.

MAIS: Nacionalização da Unitel não afetou gestão operacional da empresa, ressalta Diretor-Geral

Ainda na nota, o IGAPE exlarece que a Unitel, S.A é a maior empresa de telecomunicações móveis de Angola, revestindo-se de excepcional interesse público para o estado, dada a posição estratégica do sector, o conhecimento técnico agregado, o perfil tecnológico moderno e a sua referência na empregabilidade nacional.

Por estes factos, importa referir que todas as medidas estão a ser acauteladas no sentido de salvaguardar o bom funcionamento do referido activo e garantir a continuidade e a salvaguarda do bem comum”, assegura a IGAPE.

De informar que muito recentemente o Governo Angolano, na pessoa do Presidente da República, apropriou, por via de nacionalização, a participação detida pela VIDATEL LIMITED no capital social da UNITEL SA, correspondente a 25% do capital social.

Segundo a nota presidencial, o Estado Angolano agora é o dono das ações da UNITEL, “independentemente de quaisquer formalidades, livres de quaisquer ónus ou encargos, sendo oponíveis a terceiros após o registo“, informa o comunicado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui