iPhone 7 trouxe melhoria nas receitas da Apple

347

Em tempos a Apple garantiu que não iria revelar o número das primeiras vendas do iPhone 7. Já no principio do ano de 2017, houve informações de que Apple planeia a redução da produção do iPhone 7 em 10%, um dos motivos dessa redução foi considerada como a fraca aderência dos usuários ao smartphone.

De modo a apresentar os resultados financeiros do ano de 2017, no primeiro trimestre completo com o iPhone 7 e 7 Plus no mercado, a Apple vendeu 78,3 milhões de smartphones. Isso representa cerca de 5% em relação ao ano de 2016.

Segundo Tim Cook (CEO da Apple) “A receita de Serviços cresceu fortemente em relação ao ano passado, liderada por uma actividade recorde de clientes na App Store, na qual a empresa está muito muito entusiasmadas com os produtos a disposição dos clientes“.

Deste modo, considera-se que a empresa teve um ano financeiro saudável, longe das previsões na qual teria poucas receitas, visto que a empresa não tem colocado no mercado inovações como já havia habituado o seu publico alvo.