[Jogos] Problemas técnicos da PS4 poderão trazer complicações para jogadores em Angola

1034

Arogon, um jovem de 23 anos que vive em Maryland (EUA) que tinha um sonho. Ele queria ser o primeiro a ser “o primeiro a jogar o futuro”. Queria poder jogar PlayStation 4 antes que qualquer um dos seus amigos. Foi por isso com grande emoção que ele descobriu que a Prizelogic tinha um concurso “Play the Future First” e foi com ainda mais emoção ainda que ele o venceu.

Parecia que estava a viver um sonho quando as 11 da manha ele recebeu a consola em casa. Correu para a televisão com o seu tão esperado prémio na mão, ligou os cabos todos, ligou a consola e … o sonho dele transformou-se em pesadelo. Apesar da consola se ter ligado, em vez de apresentar uma luz branca a consola pulsou uma luz azul e simplesmente nada apareceu na televisão. Desesperado ele ligou para o suporte da Sony PlayStation mas de pouco lhe valeu, a resposta foi um desagradável : “não podemos o ajudar neste momento , ligue de volta sexta feira”. Não se dando por vencido Arogon insistiu uma e outra vez , sempre recebendo a mesma resposta , não o iriam ajudar antes do dia do lançamento da consola.

Vendo o seu sonho derrotado , já com a esperança moribunda agarrando-se a existência quando tudo indicava que o caso estava perdido, ele recebeu uma chamada da equipa do social media da Sony PlayStation. O seu coração acelerou quando percebeu que a chamada que estava a receber era da PlayStation, que afinal o seu sonho ainda estava vivo. No entanto quando informaram que iriam enviar-lhe uma caixa para ele enviar-lhes a consola de volta e que eles dariam-lhe uma nova dentro de 5 a 6 dias , ele recordou-se que o seu sonho tinha se tornado num pesadelo no momento em que ele teve a ousadia de ligar a sua PS4.

IMGP1851_0

Esta triste historia infelizmente não foi a única, duas outras pessoas receberam a consola antes do lançamento através de uma promoção do Taco Bell e também não conseguiram obter uma imagem com a consola. Quer o IGN quer o Kotaku , dois grandes sites internacionais , também receberam a consola antes do lançamento para poderem fazer uma review e ambos tiveram problemas parecidos com a saída de HDMI.

SPCS
Os problemas com o hardware e o software em algumas consolas durante o seu lançamento não são incomuns, afinal existem milhares de utilizadores a utilizarem a consola de mil e uma maneiras diferentes o que estatisticamente garante que existiram sempre casos em que as consolas não irão funcionar como deveriam. No entanto o facto que uma percentagem tão grande de consolas que já chegaram ao publico tenham chegado com um problema de fabrico e não de mau uso é potencialmente preocupante para nós aqui em Angola.

Embora em países como os Estados Unidos da América ou Espanha existam escritórios da Sony PlayStation esse não é o caso no nosso pais. Ou seja alguém que compre uma PlayStation 4 aqui em Angola que tenha este problema de imagem por exemplo, poderá enfrentar uma odisseia bastante mais complicada que a do Arogon e com uma diferença: terá uma forte hipótese de não conseguir que a sua consola seja reposta. É que embora a consola tenha 12 messes de garantia dada pela Sony PlayStation, a garantia das lojas poderá ser do mesmo tempo ou não. Cada loja responsabiliza-se pela consola durante o tempo de garantia que dá e após essa garantia ter passado o dono da consola só poderá reclamar a garantia dada pela Sony. E visto que a empresa não tem escritórios em Angola o envio da consola para a reclamação da garantia será morosa e dispendiosa, adicionando o pesadelo de ter que utilizar o nosso sistema de correios, já que empresas como a Sony normalmente não enviam nada para particulares sem ser pelo sistema de correios regulares.

angola_flag_map

Quem estiver a pensar em comprar uma PS4 na altura do seu lançamento deverá ter em atenção em que loja o pretende fazer. Cada loja tem um tempo de garantia diferente, enquanto algumas dão um ano de garantia outras chegam ao ponto de dar apenas 3 dias de garantia. Deve também ter em consideração a relação com os clientes têm com a loja, pois embora muitas tenham uma actitude correcta na altura de dar a garantia existem lojas que até argumentos inventam para se livrarem de a dar a garantia e outras em vez de  entregarem um outra consola irão simplesmente enviar a consola para a Sony para ser reparada e irão deixar o cliente meses sem a sua PS4.

Tendo em conta estes casos recentes de defeitos de fabrico e a dificuldade que o Arogon (que vive no EUA) teve para conseguir resolver a sua situação, deve-se evitar comprar a consola no mercado subalterno e comprar numa loja que já se conheça ou que  seja recomendada. Para além disso deve-se perguntar quanto tempo de garantia te dão e não comprar se o tempo de garantia seja inferior a um mês.

Fonte : IGN