Li-Fi, inovação do Wi-fi tradicional

0
1482

Uma nova tecnologia denominada “Light Fidelity” ou“Li-Fi” esteve em fase de testes de laboratório e já revelou resultados bastante promissores, sendo mais rápida que o Wi-Fi convencional. Com isso podemos esperar num futuro próximo conexões mais velozes do que as que temos actualmente.

Com previsões de velocidades superiores a 200GB por segundo, só para ter uma ideia é o mesmo que baixar mais de 10 filmes com qualidade HD num piscar de olhos. A Li-Fi está em testes “no mundo real” em  Tallin, Estónia onde já se conseguiu uma velocidade equivalente a 1GB por segundo.

Tal como as ondas de rádio, a luz visível é parte do espectro electromagnético. A diferença é que a luz visivel tem um espectro 10.000 vezes maior do que o das ondas de rádio. Em suma a Li-Fi tem maior potencial por causa da maior capacidade de transferência, visto que em vez de a transferência ocorrer por apenas um fluxo de dados, com a Li-Fi é possível transferir a mesma informação usando milhares de fluxos de dados simultaneamente

Como funciona

LI-Fi

A Li-Fi funciona via lâmpadas de LED de forma alternada (parecido ao funcionamento de uma lanterna) a velocidades altíssimas invisíveis ao olho humano, enviando dados ao receptor em código binário. Tudo o que se precisa fazer é incluir micro-chips em dispositivos receptores o que combinaria duas funcionalidades básicas: iluminação e transmissão wireless, em outras palavras a infraestrutura já está presente e podem ser usadas lâmpadas LED especiais.

Será o fim do Wi-Fi?

Li-Fi não vai aposentar o Wi-Fi de imediato, embora mais rápida a luz visível não atravessa objectos sólidos, diferente das ondas de rádio. Por exemplo se estiver a usar a Li-Fi  na sala, caso vá ao quarto perde-se a conexão. Para aqueles que precisam de alta segurança nos seus dados esta particularidade é de facto vantajosa, de outro modo só com o uso híbrido de Li-Fi  e Wi-Fi. 

Até já com mais novidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here