Luanda é o local com mais mineração de criptomoedas, revela SIC

1419

A província de Luanda é o local com mais mineração de criptomoedas, com destaque para os municípios do Talatona, Belas, Viana(Luanda-Sul), Kicolo, Sequele, na vila de Cacuaco, segundo o porta-voz do SIC-geral, Manuel Halaiwa.

O responsável, que falava na detenção de um grupo de cidadãos chineses que foram detidos por mineração de criptomoedas, reforçou que esta atividade é ilegal e onde quem o praticar irá incorrer nos crimes de furto de energia elétrica da rede pública, exercício ilegal de atividade económica e associação criminosa.

Manuel Halaiwa informou que os cidadãos chineses atuavam propriamente no município de Icolo Bengo, em Luanda, onde disfarçavam a atividade no interior do estaleiro de uma empresa de montagem de torres de transporte de eletricidade.

Pelo que conta a fonte, os estrangeiros com idades compreendidas entre os 30 e 34 anos, conectaram os materiais em dois pavilhões, onde foram instalados vários sistemas de refrigeração das máquinas de criptomoedas.

MAIS: Angola entre os países africanos que permitem a utilização de criptoativos

De ressaltar que o parlamento angolano aprovou recentemente, na generalidade e por unanimidade, a proposta de lei sobre a mineração de criptomoedas e outros ativos virtuais, instrumento jurídico que visa salvaguardar a soberania monetária angolana e controlar as moedas virtuais.

Esta lei tem como fundamento um conjunto de elementos que tem ocorrido e que, de alguma forma, impactam não só na sustentabilidade ambiental, mas também na segurança energética do país”, disse hoje o secretário de Estado das Finanças e Tesouro, Otoniel dos Santos, durante a apresentação do documento na Assembleia Nacional (parlamento).

A iniciativa legislativa do titular do poder executivo e Presidente angolano, João Lourenço, passou no crivo dos deputados na reunião plenária extraordinária desta sexta-feira com 167 votos favoráveis, zero contra e sem abstenções.

Otoniel dos Santos, na sua exposição, reconheceu que o país já regista um movimento desregulado de mineração de criptomoedas com riscos da promoção do branqueamento de capitais e financiamento ao terrorismo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui