Mitrelli vai formar mais de um milhão de jovens africanos em matérias de tecnologia

2311

O Grupo Mitrelli vai formar mais de milhão de africanos em matérias de tecnologia, nos próximos dez anos, destacando que o investimento na educação e no talento local permitirá à próxima geração fazer crescer a economia, criar novos empregos e estabelecer as próximas empresas de tecnologia em África.

Segundo o fundador e presidente do Grupo Mitrelli, Haim Taib, falando durante a celebração dos 10 anos de trabalho da empresa em África ou de relações profundas entre Israel e África, augura que ambas as nações possam desenvolver soluções inovadoras, com o suporte do ecossistema tecnológico israelita.

Foi ainda revelado a criação do “Prémio de Impacto Mitrelli”, uma subvenção anual de 100 mil dólares, que serão atribuídos a uma pessoa ou equipa que apresente iniciativas inovadoras destinadas a criar oportunidades de emprego nas áreas da tecnologia, saúde e educação no continente africano.

MAIS: MINTTICS e Huawei formam jovens em telecomunicações e tecnologias de informação

Segundo o presidente da Mitrelli, esse prémio é parte integrante da visão de longo prazo do grupo empresarial e do seu compromisso para com a prosperidade social e económica das populações e comunidades em África.

Presente em África desde 2013, o grupo Mitrelli conta com 2 500 colaboradores, dos quais mais de 80% estão em África, gerindo megaprojectos em Angola, Moçambique, Senegal, Cote d’Ivoire, entre outros países.

Com esses projetos, aproximadamente meio milhão de pessoas já beneficiaram de acesso à água potável e eletricidade, e centenas de milhares de pessoas têm acesso a cuidados de saúde, bem como programas de educação e formação.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui