Moçambique. EDM entra no negócio de energias renováveis

0
1074

A Electricidade de Moçambique (EDM) está a investir actualemnte na diversificação da matriz energética, por intermédio do fomento de projectos de energias limpas e renováveis, onde o objectivo da empresa é incrementar os níveis de produção de energia e garantir a sua qualidade, fiabilidade e segurança.

Essa informação foi revelada por Marcelino Gildo, Presidente do Conselho de Administração(PCA) da EDM, que falava durante o evento de lançamento da campanha de comemorações do 45° aniversário da empresa pública do país, sublinhando que com apoio dos parceiros de cooperação e de negócios, está a viabilizar a implementação do projecto da Central Térmica de Temane de 450MW, que será a maior construída em Moçambique após a independência.

Com a Central de Temane, a EDM reforça que estão a ser criadas condições para a ocorrência de investimentos industriais no país, consolidando assim o posicionamento de Moçambique como polo regional de geração de enrgia eléctrica na África Austral.

A concretização da iniciativa de Temane traduz a materialização da primiera fase do projecto de Espinha Dorsal de Transporte de Energia Eléctrica Tete-Maputo, que interligará os sistemas de transporte de energia solar do sul, centro e norte do país“, disse Marcelino Gildo.

MAIS: União Europeia disponível para ajudar Angola na transição das energias renováveis

De acordo ainda com o PCA, sublinhou que a 27 de Agosto de 1977 a EDM herdou os serviços de electrificação do país, apenas quinze distritos estavam ligados à rede eléctrica do país, e onde em 2018 concluiu o plano de electrificação das 154 sede distritais e hoje encontra-se focado em levar energia a todas as sedes dos postos administrativos até 2024.

A nossa meta é o acesso universal à energia a todos os moçambicanos, até 2030, numa altura em que a taxa de electrificação nacional é de 39 por cento, cobertura correspodente a apenas 12 milhões de moçambicanos. Ou seja, há ainda muito trabalho por se realizar“, frisou o PCA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui