Moçambique inaugura novas centrais solares

755

 

O Presidente moçambicano inaugurou duas centrais solares de produção de energia no interior do país orçadas em cerca de 160 milhões de meticais (cerca de 2,4 milhões de euros), anunciou o Fundo de Energia moçambicano.

As centrais vão permitir levar electricidade a comunidades que não são abrangidas pela rede elétrica nacional nos distritos de Cahora Bassa e Marávia, na província de Tete.

Numa primeira fase, já estão ligados 200 consumidores” entre os quais, serviços administrativos do Estado, escolas e centros de saúde, além de habitações e empreendimentos comerciais”, anuncia o Funae, instituição pública moçambicana, em comunicado.

MAIS: Moçambique. Leilões podem acelerar investimento nas energias limpas

As centrais vão ainda alimentar infraestruturas de iluminação pública.

As duas centrais pretendem acelerar o objetivo do país de alcançar “acesso universal à energia até 2030”, conclui.

Atualmente, o Funae tem 76 sistemas fotovoltaicos em todo o país, beneficiando 580 escolas, 560 centros de saúde e 74 edifícios de postos administrativos, além de empreendimentos económicos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui